Dias de luta e dias de glória!

Dias de luta e dias de glória!

Treinar todos os dias e muitas vezes após 10/12h de trabalho, trocar a diversão do fim de semana por tiros na rampa aos sábados e o longão aos domingos. Esses são exemplos de dias de luta.

Agora, dias de glória, para nós corredores, são momentos curtos e únicos que acontecem quando atingimos nossos objetivos e alcançamos nossas metas. Nesses momentos, notamos que os dias de luta valem muito a pena. Em contrapartida, a prova em si pode se tornar “dia de luta”, foi o que me ocorreu na meia da G4 ASICS em Brasília, no último domingo. Estava diante das melhores condições para realizar “a prova”. Cercado de amigos, clima fresco, bom percurso, pacer, treinos encaixados, peso adequado, e alimentação redondinha.

No final de semana que antecedeu a prova, havia combinado uma estratégia de prova com meu amigo e parceiro de treinos, Dieguinho. Combinamos que começaríamos a prova revezando de 2km em 2km até o quilômetro 8, depois, seguindo a estratégia, cada um puxaria 1k.

Puxaria, mas não foi o que aconteceu a partir do km 9.

Após passar pelo 8k, minhas pernas travaram, o Diego manteve o ritmo combinado que era 3’20’’ e eu fiquei. Passei a rodar próximo a 3’50’’, e por pensar que havia mais 12 quilômetros pela frente para correr solo e em situação desconfortável, isso acabou com meu psicológico.

Foi uma briga mental com cada metro, o desconforto era absurdo e bateu na porta da exaustão, e de brinde vieram as cólicas abdominais. Já era de se esperar, a respiração descoordenou devido a força que fazia para manter o ritmo. Ali pude perceber que o objetivo traçado não se concretizaria, não naquele dia, mas precisava completar a prova num tempo aceitável.

Apesar de passar no que se diz respeito ao cansaço e a dor, pela minha pior meia dentre as 8 provas que já realizei, completei em 01h14’03’’. Não aguentava levantar o joelho e muito menos trotar depois desses 21k. Passei por momentos de tristeza e raiva por não alcançar o pretendido.

Para muitos esse tempo é excelente, e eu concordo que seja um bom tempo, mas pra quem busca alto rendimento é necessário mais, muito mais, na verdade se tratando do tempo, o menos é mais, pois é o menor tempo que nos levará aos dias de glória.

0faf2ad60d89d81636b039ee58c1a410

Ruivo1

 

Anúncios

5 Comentários

  1. Sandro Pimentel · · Responder

    Esse é muito fera! Raça pura!!!

    Curtido por 1 pessoa

  2. Rogério Mata · · Responder

    Mano Ruivāo, vc e guerreiro na vida e assim lutamos em busca de superar os nossos limites quando esse processo para nada faz mais sentido

    Curtido por 1 pessoa

  3. Carlos Onildo · · Responder

    ESSA TEMPESTADE JÁ FOI . AGORA É SEGUIR EM FRENTE PORQUE TEM MUITOS E MUITOS KM PELA FRENTE ABRAÇOS COMPANHEIRO

    Curtido por 1 pessoa

  4. Sidnei Falaschi · · Responder

    Tenho certeza que serviu de aprendizado, corrida é bom por isso, é imprevisível a cada km, tenho certeza que o próximo post será de mais glória pois luta vc faz direitinho, abração!

    Curtido por 1 pessoa

  5. Marcia Polly Polly · · Responder

    Parabéns, sua determinação e força de vontade de conquista é uma glória!Lindo texto!

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: