#MetaColetiva na São Silvestre 2015

No último dia do ano a cidade de São Paulo para e trás todo Brasil junto para ver a corrida de rua mais tradicional e antiga do Brasil, a São Silvestre.

A corrida chegou a sua 91º edição e desde 1982 é transmitida pela TV aberta. É a prova mais importante da América do Sul  e uma prova cercada de histórias. Entre os pontos altos da prova está os grandes atletas que já correram nas tradicionais ruas da cidade de São Paulo; o número de atletas amadores que a cada ano que passa só aumenta, a famosa subida da Avenida Brigadeiro e a busca pelos famosos minutinhos de fama… rs Todo mundo quer aparecer na TV – e vale tudo – até se fantasiar para chamar a atenção das câmeras, tem gente que vira super herói, outros se transformam em personalidade pública e por aí vai.

A prova já contou com grandes nomes do atletismo mundial como: Paul Tergat, Rosa Mota, Marílson Gomes, Ronaldo da Costa, Priscah Jeptoo, até Emil Zatopek (único atleta a vencer os 5 000m, 10 000m e a maratona na mesma olimpíada)  já passou por aqui e venceu em 1953.

A cada ano que passa o número de participantes aumentam, a corrida se tornou desejo de atletas amadores de todo país. Existem corredores que sempre buscam melhorar seus tempos, mas a prova em si é um bom lugar para rever amigos, se divertir e lógico buscar os minutinhos de fama… rs E não podemos esquecer dos moradores que sempre vão as ruas incentivar os corredores, além daqueles que assistem pela telinha. São motivos para boa parte dos brasileiros conhecerem a SS e digo mais, que atire a 1º pedra quem nunca foi indagado: Você já correu/ vai correr a São Silvestre? até mesmo por pessoas que nem praticam atividades físicas.

O percurso da prova passa por lugares importantes da cidade de São Paulo – Pacaembu; Largo do Arouche, Paissandu e São Francisco; Viaduto do Chá e as Avenidas Rio Branco, Marquês, São João além da famosa subida da Brigadeiro. Conhece? Arrisco dizer que é tão conhecida quanto a prova… rsrs É o terror dos participantes!

Vale para os mais experientes e menos assíduos nas pixtas, caiu na Brigadeiro a parada fica estreita. Por que? Alguns fatores levam a isso – Não levar em conta a distância e o percurso, começar num ritmo muito forte e a falta de treinos são os que mais se destacam e leva atletas ao sofrimento na subida.

O preço pode ser salgado, a camiseta pode não agradar a todos, sempre vai existir 1000 motivos para reclamar, porém existe apena um  para estar lá é a grande SÃO SILVESTRE. Basta pensar em corridas que logo algo terá ligação com a SS.

Esse ano a corrida contou com mais de 40 000 atletas entre inscritos e pipocas, o #CorraKoRuivo estava lá e foi para geral literalmente… rs

Calmaaaaaaa que vocês já vão entender.

Na semana da corrida estava batendo um papo com a Leleka. Conversa vai, conversa vem e surgiu a ideia: “Bora fazer uma #MetaColetiva para a SS 2015?

Para quem não sabe a Meta Coletiva foi uma projeto da Leleka, afim de ficar por dentro? Link #MetaColetiva

A ideia foi colocar a meta em prática, correr ao lado de 100 corredores  e registrar com uma selfie.

Uma forma bem diferente do que “EU” Ruivo estou acostumado a correr. Para quem não sabe eu treino praticamente todos os dias e busco alto rendimento mesmo sendo atleta amador. Esses 15km me custariam uns 50′ 51′ de sofrimento intenso caso corresse buscando tempo.. rsrs Mas não dessa vez!

Chegado o Dia D. Lá fui eu!

Corridas de rua tem aquele clima gostoso, cheio de energia, adrenalina e coração acelerado, Maaaaaaaaaaas na SÃO SILVESTRE tudo isso é multiplicado por 1 000.

Chegando por lá me arrumei, ajeitei o celular, o pau de selfie, e partiu largada. Lógico que no meio do caminho encontrei alguns amigos, a gente para conversa e segue rumo a concentração na Paulista buscando a melhor posição. Dessa vez como tinha a Meta Coletiva eu fui pra muvuca e aguardei o start.

Dada a largada, partiu missão. Me aproximava dos atletas me apresentava e contava qual era a ideia. Era divertido a reação dos corredores. Sustos, caretas e frases do tipo – “Oi, não entendi?”, “Corra com o que?”, “De onde é?” kkkkkk

Algo que me impressionou foi conseguir mesmo que aleatoriamente conversar com corredores de todo canto do Brasil – Paraná, Santa Catarina, Amazonas, Rio de Janeiro, Ceará, Pernambuco e interior de São Paulo – Alguns falavam mais outros menos, pude conversar com estreantes e com quem já tinha mais de 10 SS nas pernas, muito incrível! Como gostaria de contar um pouco sobre cada um deles por aqui, “entretantos” minha memória pode acabar me sabotando. Mas vou registrar alguns brevemente. Lá vai!

IMG_20151231_101259293[1]

As rosinhas de Manaus. Cheias de alegria e já participaram de algumas edições. Inclusive me convidei e contei que tinha vontade de conhecer o Amazonas e fazer o X-Terra Manaus na Reserva. Elas me incentivaram.. rsrs

IMG_20151231_101710535[1]

Teve o amante da cultura gaúcha que mora no interior de São Paulo e lembra bastante o grande Felipão… rsrs

IMG_20151231_101514587[1]

As duas disseram ser “unha e carne” e sempre correm juntas. Grande exemplo de amizade no asfalto.

IMG_20151231_094219276[1]

E qual era a probabilidade de eu encontrar um parceirasso de Suzano? Grande Ricardo.

Está a frente da maior academia do Alto Tietê – Acqua Fit – onde sempre me preparo para as minhas competições. E esse ano tem projeto novo, eu conto com você… rs

Estava gostoso bater aquele papo e registrar os atletas. Eis que por volta do Km 11 a bateria do celular acabou e meu pensamento era se tinha cumprido a meta dos 100. De momento fiquei chateado, mas depois de 500m a alegria voltou. Adivinha? Encontrei uma grande amiga.

IMG-20151218-WA0018

A Flavinha que é minha vizinha. Ela tinha perdido a filha e o genro e estava num pique..  Sabe a tal da Brigadeiro? A gente subiu forte e conversando muito, deu até tempo para ela emprestar o celular – correndo – para registrarmos esse click e terminamos a prova juntos! Essa lynda estreou na meia maratona esse ano junto com a filha (Rapha) e eu tive o prazer de dar um help na preparação para a meia, elas arrasaram na Cidade Maravilhosa.

No fim, geral curtiu a ideia! Espero que todos apareçam nas redes sociais e vejam esse post. Eu, em nome do Corra K.O. Ruivo, agradeço de coração a todos que participaram. Essa foi minha São Silvestre mais divertida, graças a cada um de vocês.

E o melhor é que está tudo registrado…

Até a próxima!

Siga-nos no IG @corrakoruivo e meu perfil pessoal @rogerruivo

ROGER RUIVO, Farmacêutico, Fundador do CKR, Blogger e Corredor amador fissurado por velocidade.

ROGER RUIVO, Farmacêutico, Fundador do CKR, Pacer Nike+ Run Club, Blogger e Corredor amador sedento por rendimento.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: