Não é só um tênis

Você por acaso já parou para pensar como é a criação e desenvolvimento do tênis de running que você calça?

A convite da firma, fui até o Rio Grande do Sul conhecer o DCC (DASS CREATION CENTER), onde acontece a criação e desenvolvimento dos calçados FILA, com atenção especial para o próximo lançamento – Fila KT1.

O DCC é o maior centro de criação e desenvolvimento de calçados da América Latina.

Tudo começa pelos designs sempre ligados nas tendências e que viajam o mundo buscando inspiração em cada detalhe para criar novos calçados.

No escritório acontece a criação do projeto e desenvolvimento em conjunto com os laboratórios de física e química que vão avaliar os materiais a serem utilizados no calçado através de testes e a equipe que desenvolve a parte da entressola e peças técnicas em 3D que serão utilizadas para fabricação dos moldes e posteriormente a validação do projeto que vai viabilizar a criação de um protótipo.

Durante o desenvolvimento do protótipo a entressola e o cabedal são feitos separadamente. A construção do cabedal começa com o corte da gáspea (a maior parte do tecido que vai formar o cabedal).

Na sequência essa parte principal do cabedal é unida com outras peças menores como contraforte, biqueira, reforços e as peças estéticas como as que contêm o logo e modelo do calçado FILA, para identificação do modelo numa espécie de forma para que cada parte fique no seu devido lugar – de acordo com o modelo do tênis – antes de passar pelo processo de prensamento  em temperatura superior a 140ºC e logo após o processo ocorre novamente, mas agora numa prensa com temperatura negativa.

O próximo passo é feito manualmente em uma máquina de costura. O cabedal vai começar a tomar forma após o corte da orelha, local em que se coloca os ilhós para introduzir o cadarço/atacador.

No passo seguinte o cabedal é costurado com a palmilha de montagem e colocado no molde para ganhar forma e na sequência receber o cadarço, finalizando o cabedal.

Agora chegou o momento de juntar o cabedal e a entressola. Ambos recebem uma cola e são colocados separadamente na máquina onde a cola será aquecida para unir as duas partes.

Entressola e cabedal são unidos manualmente por um operador antes de ser levado a prensa com temperatura superior a 100ºC e depois é colocado a uma temperatura de +/- menos – 7ºC (por um tempo de 4/5 minutos) para garantir aderência total entre as partes.

Finalizando…

O molde é retirado e o tênis inspecionado pra ver se não tem alguma partícula, resíduo de cola ou algo fora do planejado. Protótipo finalizado. Acabou? Não!

Hora dos testes biomecânicos.

O DCC possui o laboratório de biomecânica mais moderno da América Latina implementado dentro da indústria. Os testes realizados são precisos e os atletas são testados em diversos ambientes a fim de buscar as percepções e respostas do corpo humano em relação ao calçado.

Nós acompanhamos um atleta africano testando o KT1 no DCC. O objetivo era avaliar a biomecânica da corrida dele, posição do corpo em relação ao centro de gravidade e sua pisada com o FILA KT1.

Todo esse processo leva meses e como perceberam é bem complexo. E confesso para vocês que depois dessa imersão sobre o assunto vou valorizar muito mais meus tênis.

Agradeço ao Team Fila por essa experiência única ao lado de pessoas que amam a corrida. Parabéns a todos os funcionários/colaboradores que nos receberam de braços abertos no DCC e transmitiram além de conhecimento, paixão pelo que fazem.

Em breve contamos tudo pra vocês sobre o FILA KT1, especificações, indicações, proposta do tênis e onde comprar.

Colaboradora: Debora Rampazo / @lokaquecore

E não se esquece de dar uma moral pra gente. Como?

Se inscreva no canal – youtube.com/corrakoruivo
Segue noix no Instagram – @corrakoruivo & @baavalini / @roger_ruivo
E curti a page no face – facebook.com/corrakoruivo

Até a próxima time!!!

ROGER RUIVO. Atleta de Fundo, Criador de Conteúdo Running e Fundador do Corra K.O. Ruivo.

Anúncios

12 Comentários

  1. VINICIUS ALVES DE MORAES · · Responder

    Grande Roger, adorei a matéria com os links do vídeo foi muito legal parabéns.

    Esse tênis será voltado para corredores iniciantes ou acima do peso?

    Parabéns Fila e a todos envolvidos na matéria!

    Curtido por 1 pessoa

    1. Sim Vinicius, ele vai atender todo tipo de corredor, abraço irmão!

      Curtir

  2. Muito interessante, em termos de tecnologia aplicada e performance na avaliação, indiscutível o processo de testes para a biomecânica do produto.

    Curtido por 1 pessoa

    1. Falou como um engenheiro, vou levar você pra trabalhar lá… kkkkkkkkkkkkkkkkk

      Curtir

  3. Bem interessante a matéria, deve ser dahora acompanhar.
    Parabéns.

    Curtido por 1 pessoa

    1. Muito animal Leandro, dá pra ficar uma semaninha fácil lá rsrsrs

      Curtir

  4. antonio carlos vieira · · Responder

    Muito legal ver todo o processo de fabricação do meu tênis preferido. Gostaria muito ver ao vivo, Deve ter sido mesmo uma experiência fantástica. Parabéns pela matéria, Roger!

    Curtido por 1 pessoa

    1. Foi única Toninho, ainda mais pra quem ama a corrida!

      Curtir

  5. Fabio Perrucci · · Responder

    Show de bola. Parabéns pela matéria

    Curtido por 1 pessoa

  6. bem legal, gostei e quem sabe não adquiro um fila para retornar aos treinos
    Parabéns

    Curtir

    1. Valeu man, volta sim 💪

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: