Norueguês se torna o melhor não africano nos 42k “All the times”

O norueguês Sondre Nordstad Moen (NOR)realizou um feito surpreendente ontem ao vencer a maratona de Fukuoka/JAP (02:05:48) e decretar novo recorde europeu se tornando o 1º europeu e não africano a correr os 42k abaixo de 02:06:00.

As atenções estavam voltadas para os africanos como de costume. A 71º edição da tradicional maratona japonesa apresentava grandes nomes – Yemane Tsegay (ETH) campeão em 2016, Bedan Karoki (KEN) que migrou para as distâncias maiores recentemente e marcou 59’10” e 02h07 (estréia) na meia e maratona respectivamente no 1º semestre, Stephen Kiprotich (UGA) atleta com resultados regulares nos 42k desde 2011 e com PB de 02:06:33 e Ammanuel Mesel eritreu forte nos 21k – mas quem atraiu os olhares com o desenrolar da prova foram 2 não africanos, Moen e Suguro Osako (JPN).

Os coelhos deveriam levar a prova até os 30km marcando 3′ por 1k. E fizeram o planejado com maestria entregando a distância com 01:30:08.

A prova começou com um grupo grande acompanhando os marcadores de ritmo, 16 atletas para ser mais preciso e 5” atrás tinha o melhor maratonista brasileiro na atualidade, Paulo de Paula. O etíope Y. Tsegay ficou nos 10k e não conseguiu acompanhar o ritmo dos líderes. Até os 15k (44’59”) o grupo se manteve coeso com um ou dois atletas caindo apenas.

Na passagem da meia (01:03:19) surgiram aquelas pequenas quebras de alguns segundos e o pelotão começou a esticar. O brasileiro Paulo de Paula passou 1’32” dos líderes. No km 25 o grupo se reduziu a 7 atletas que no split adiante, onde os coelhos abandonariam, se tornou 5 atletas, Moen, Kiprotich, Osako, Karoki e Mesel.

Karoki (KEN) foi o primeiro a atacar trazendo o ritmo para 2’55”, mas Moen colou nele enquanto os outros três acompanhavam de perto. Do 30 para o 31 Mesel (ERI) não suportou o ritmo e ficou, Moen e Karoki assumiram a frente e Osaco e Kiprotich ficaram logo atrás.

Tudo permaneceu sem mudanças até que no quilômetro 36 Moen (NOR) decidiu atacar e o queniano não teve reação, a distância entre ambos aumentou rapidamente. Karoki sentiu o baque e foi ultrapassado antes dos 40km por Kiprotich e Osako enquanto Moen já tinha larga vantagem para o novo 2º colocado Kiprotich (55 segundos).

Moen disse que na passagem do km 40 (01:59:23) percebeu que era possível quebrar o recorde europeu e correu para tal fechando a prova em 02:05;48. Em segundo lugar Kiprotich (UGA) atingiu sua 2ª melhor marca com 02:07:10. Osako (JPN) alcançou seu PB e se tornou o 5º melhor japonês de todos os tempos com 02:07:19. Já o queniano Bedan Karoki teve que se contentar com o 4º lugar com 02:08:44.

O brasileiro Paulo de Paula foi o 18º colocado com 02:13:37 retificando seu posto de melhor maratonista brasileiro em 2017.

Sondre Nordstad Moen (NOR)

Pós prova o campeão disse, “Não tenho certeza se os noruegueses têm noção de quão espetacular é essa marca”. O recorde europeu pertencia ao turco Kaan Ozbilen com 02:06:10 obtido em 2016, agora ele vai para Noruega com Moen.

PB Sondre Moen
5.000m –           13’20”
10km –               27’55”
15km –               42’26”
Meia –                59’48”
Maratona –        02:05:48

Agora resta saber se o norueguês vai manter o nível nas próximas maratonas.

RESULTADOS

1 – Sondre Nordstad Moen (NOR)       2:05:48
2 – Stephen Kiprotich (UGA)              2:07:10
3 – Suguru Osako (JPN)                      2:07:19
4 – Bedan Karoki (KEN)                      2:08:44
5 – Ammanuel Mesel (ERI)                 2:09:22
6 – Daisuke Uekado (JPN)                   2:09:27
7 – Yoshiki Takenouchi (JPN)              2:10:01
8 – Michael Githae (KEN)                    2:10:46
9 – Yuki Kawauchi (JPN)                     2:10:53
10 – Takuya Fukatsu (JPN)                  2:12:04

E não se esquece de dar uma moral pra gente. Como?

Assine o site – www.corrakoruivo.com
Se inscreva no canal – youtube.com/corrakoruivo
Segue noix no instagram – @corrakoruivo & @baavalini / @roger_ruivo
E curti a page no face – facebook.com/corrakoruivo

Até a próxima time!!!

ROGER RUIVO. Atleta de Fundo, Criador de Conteúdo Running e Fundador do Corra K.O. Ruivo.

 

Anúncios

2 Comentários

  1. Antonio carlos vieira · · Responder

    Sobrou na prova. Histórico!

    Curtido por 1 pessoa

    1. No final ele falou que sentiu dores, mas tentou continuar correndo o mais forte que podia… rsrs

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: