BOSTON MARATHON 2018

Desiree Linden (USA) & Yuki Kawauchi (JAP) são os vencedores de Boston/2018.

Uma edição histórica… Um ano digno de Boston, a maior das maratonas… E como a gente sempre brifa… “Boston não é lugar dos mais rápidos e sim dos mais resistentes”.

Sensação térmica de -6º C, ventos de 40km/h e uma prova congelante, esse foi o cenário desde o início de prova. E os mais experientes já sabiam que os vencedores seriam os mais cascudos, os mais guerreiros, e porque não dizer os “Samurais”. E em trocadilhos: “Pode apostar que as bolsas de apostas com certeza quebraram rsrs”

Uma edição típica de BOSTON (Condições adversas), e que será mais um episódio da rica história da maratona mais tradicional do mundo!

No MASCULINO
O japonês Yuki Kawauchi fez de tudo na prova, liderou, ficou no pelotão, segurou e acima de tudo acreditou. E de quebra fez eu queimar minha língua, já que por volta dos 35k eu disse que a vitória seria do queniano Geoffrey Kirui (Que juvenil, diante das condições climáticas que se apresentava na prova). Mas o “Samurai” diante de um tempo tenebroso, deve ter pensado… “Eu poso vencer”. Já que para ele, quanto mais adversas as condições, melhor ele se adapta. O que fica evidente nas mais de 30 maratonas vencidas por ele, tendo em comum percursos duros e condições climáticas nada favoráveis na maioria delas.

Depois de ficar um tempo em 2° lugar na parte final da prova, ele viu a distância para o atual campeão Geoffrey Kiriu ir encurtando aos poucos. Kiriu pagou caro pelo ataque solo nas colinas de Newton e pós “HeartBreak Hill” pode se dizer que as pernas dele se partiram e foi questão de tempo para o japonês “maluco” encostar. No km 40 veio a ultrapassagem, a sensação era de que o queniano estava andando se comparado a Kawauchi, que foi embora depois do km 40 sem olhar pra trás e alcançar sua maior vitória na carreira.

Pós prova ele foi entrevistado e duas respostas foram marcantes. Abre aspas para ele: “Eu só soube que era líder quando os staffs próximos da linha de chegada indicaram que os vencedores (ele) deveriam ir para direita” / “Pra mim as condições de prova estavam perfeitas”. Mito!

Essa é a 4° vitória consecutiva dele em maratonas nesse ano. Sim ele já venceu quatro vezes, uma média de 1 por mês, inacreditável, para um atleta que concilia seus treinos com o trabalho de funcionário público municipal.

No FEMINIMO
Os americanos tiraram o grito de campeão da garganta depois de 32 anos, a última americana a vencer Boston foi Lisa Weidenbach em 1985.
A protagonista desse feito histórico foi Desiree Linden, atleta que conhece Boston como a palma da mão e está bem acostumada a ir bem em provas duras, e isso foi o que ela teve em Boston ao longo de 42.195 metros, uma prova DURÍSSIMA!



Na metade da prova Mamitu Daska se desgarrou do pelotão e abriu bem, dava indícios de que venceria, mas ao chegar nas colinas de Newton, as coisas mudaram e a etíope sentiu as duras subidas e viu Gladys Chesir (KEN) e Linden se aproximarem.

A queniana ultrapassou Daska depois de alguns passos de resistência da etíope, mais atrás a americana parecia que ia ficar. Só parecia! Instantes depois ela deixou Mamitu pra trás e logo em seguida colou na queniana.

Antes de Linden chegar em Chasir, parecia que a atleta africana tava mais inteira, entretanto, quando Desiree chegou o cenário mudou. Tanto que ela não sofreu resistência e viu uma adversária extremamente desgastada ao seu lado e dos 35k em diante ela foi empurrada pelo público com passadas firmes até a linha de chegada, com uma vitória pra ficar na história. A atleta disse que no final veio um filme na cabeça, quando ela foi vice em 2011, porém eu tenho certeza que o filme da sua estréia na mesma Boston em 2007 com apenas 23 anos e um tempo de 02:44:56 também teve um espaço na sua mente.

RESULTADOS

Homens
1 – Yuki Kawauchi (JPN) 2:15:58
2 – Geoffrey Kirui (KEN) 2:18:23
3 – Shadrack Biwott (USA) 2:18:35
4 – Tyler Pennel (USA) 2:18:57
5 – Andrew Bumbalough (USA) 2:19:52
6 – Scott Smith (USA) 2:21:47
7 – Abdi Nageeye (NED) 2:23:16
8 – Elkanah Kibet (USA) 2:23:37
9 – Reid Coolsaet (CAN) 2:25:02
10 – Daniel Vassallo (USA) 2:27:50

Mulheres
1 – Desiree Linden (USA) 2:39:54
2 – Sarah Sellers (USA) 2:44:04
3 – Krista Duchene (CAN) 2:44:20
4 – Rachel Hyland (USA) 2:44:29
5 – Jessica Chichester (USA) 2:45:23
6 – Nicole Dimercurio (USA) 2:45:52
7 – Shalane Flanagan (USA) 2:46:31
8 – Kimi Reed (USA) 2:46:47
9 – Edna Kiplagat (KEN) 2:47:14
10 – Hiroko Yoshitomi (JPN) 2:48:29

VÍDEOS START LIST/LARGADA E CHEGADA

Não se esquece de dar uma moral pra gente. Como?

Assine o site – www.corrakoruivo.com
Se inscreva no canal – youtube.com/corrakoruivo
Segue noix no instagram – @corrakoruivo & @baavalini / @roger_ruivo
E curti a page no face – facebook.com/corrakoruivo

Até a próxima time!!!

ROGER RUIVO. Atleta de Fundo, Criador de Conteúdo Running e Fundador do Corra K.O. Ruivo.

 

 

 

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: