News

14/07/2018
Diamond League Rabat/MAR

A Diamond League chegou em Rabat essa semana para sua 9º etapa da temporada 2018 e o que podemos presenciar por lá foi grandes resultados e alguns deles históricos.

Começando pelos 5.000m rasos para as mulheres. Desde quando o Start List foi anunciado brifamos nos nossos canais que era prova para SUB 14:30.00 e não deu outra, pela 1ª vez na história tivemos 5 mulheres rodando abaixo de 14:25.00 numa mesma prova.

Dois fatores foram essenciais para que isso acontecesse o Start List da prova que contava com grandes atletas e o trabalho das marcadoras de ritmo. Uma passagem de 2.000m para 5’49” já separou mulheres de meninas. As etíopes Letensebet Gidey, Senbere Teferi e Genzebe Dibaba, as quenianas Agnes Tirop e Hellen Obiri e a holandesa Sifan Hassan acompanhava a coelha que se retirou metros depois.

Antes do Km 4 Dibaba sentiu o forte ritmo e ficou, as demais seguiram adiante. Na última volta Teferi abriu a volta liderando, mas depois de 100m Obiri forçou pela raia 2 e trouxe Hassan junto num sprint onde as duas faziam muita força.

Na entrada da reta final Hellen Obiri ganhou um, dois passos que lhe renderam a vitória em cima de Hassan com a melhor marca do ano, cravando 14:21.75. Sifan Hassan foi 2ª com 14:22.34, melhor marca pessoal e um novo recorde europeu. Atrás Letensebet Gidey (14:23.14), Senbere Teferi (14:23.33) e Agnes Tirop (14:24:24) alcançaram suas melhores marcas na carreira e Genzebe Dibaba teve que se contentar com o sexto lugar ao marcar 14:42.98.

FOTO: Jean-Pierre Durand.

RESUTADOS
1 – Hellen Obiri (KEN) 14:21.75
2 – Sifan Hassan (NED) 14:22.34
3 – Letesenbet Gidey (ETH) 14:23.14
4 – Senbere Teferi (ETH) 14:23.33
5 – Agnes Tirop  (KEN) 14:24.24
6 – Genzebe Dibaba (ETH) 14:42.98
7 – Eilish McColgan (GBR) 14:52.83
8 – Caroline Kipkirui (KEN) 14:55.63
9 – Dominique Scott (RSA) 15:11.65
10 – Molly Huddle (USA ) 15:21.24

Outra prova que nos trouxe o melhor tempo do ano foi os 3.000m c/obstáculos. o queniano Benjamin Kigen que já havia vencido em Eugene/USA, naquela ocasião melhor tempo do ano, uma semana depois foi superado pelo se compatriota Conseslus Kipruto em Roma. Mas ontem ele retomou o trono na prova mais dura da pista ao marca 08:06.19. Ele trouxe junto com a 2ª melhor marca do ano o etíope Chala Beyo com 08:07.27 e fechando o pódio Soufiane El Bakkali (MAR) com 08:09.58. Kpruto foi apenas o 12º colocado com 08:27.36.

Nos 3.000m rasos tivemos a redenção do etíope Yomif Kejelcha que ficou marcado pelo incidente na etapa de Lausanne onde segurou o shorts de Selemon Barega no final da prova (5.000m) e foi desclassificado. Nos metros finais Kejelcha abriu boa vantagem para vencer e decretar melhor marca do ano com 07:32.93. Ele deixou para trás, Birhanu Balew (BRN) 07:34.26 PB, Stewart McSweyn (AUS) 07:34.79 PB, além do americano Paul Chelimo e o etíope Muktar Edris.

FOTO: Jean-Pierre Durand.

E finalizando as provas de meio-fundo, nos 1500m rasos tivemos a vitória de um marroquino, Brahim Kaazouzi, venceu com 03:33.22 PB e com certeza fez os fãs do atletismo se lembrar de Hicham El Guerrouj, o melhor meio-fundista “All the times“. Logo atrás veio o norueguês Filip Ingebrigtsen 03:33.40 e fechando o pódio com 08:33.42, Ayanleh Souleiman (DJI).

__________________________________________________________________________________________________

09/07/2018
GP Brasil de Atletismo

Nesse domingo aconteceu mais uma etapa do World Challenge/IAAF e dessa vez no Brasil em Bragança Paulista, interior do estado de São Paulo. O torneio contou com bons resultados.

Vamos começar pelo recorde sul-americano alcançado por Andressa Morais. A atleta do Lançamento de Disco que representa o Clube Pinheiros vive grande fase na carreira e ontem quebrou seu próprio recorde continental na prova. Ela tinha como principais adversárias a 2ª do ranking brasileiro Fernanda Martins e a americana Whitney Ashley. Mas desde o início Andressa já mostrou a que veio lançando mais de 64m, assumindo a liderança que foi coroada com o ouro e no último lançamento alcançou 65.10m, sua melhor marca pessoal e novo recorde sul-americano.

FOTO: Wagner Carmo.

 

PÓDIO

1Andressa Morais (BRA) 65.10 PB AR

2Fernanda Martins (BRA) 62.15

3Izabela da Silva (BRA) 58.85 PB

 

No Lançamento do Martelo o campeão Olímpico Dilshod Nazarov saiu vitorioso com 75.18m alcançado na última tentativa. Os brasileiros Wagner Domingos e Allan Wolski ficaram fora do pódio.

Já no Salto com Vara a expectativa era grande em torno do nosso campeão Olímpico Thiago Braz, mas infelizmente ele segue sem apresentar boas marcas pós RIO/2016, ele alcançou apenas 5.40m e ficou com a 3ª posição. O campeão da prova foi o americano Cole Walsh com 5.60 e a prata foi para Augusto Dutra (BRA) com 5.50m.

Voltando para pista, tivemos o brasileiro Marcio Teles em ação nos 400m c/barreiras. Teles faz uma boa temporada e ontem saiu campeão da prova ao marcar 49.22, depois de entrar na reta final atrás do americano David Kendziera ele mostrou poder de reação e foi buscar.

PÓDIO

1Marcio Teles (BRA) 49.22

2 David Kendziera (USA) 49.31

3Mikael de Jesus (BRA) 50.20

Arremesso de Peso

O recordista do campeonato e sul-americano Darlan Romani (BRA) travou um duelo com o americano Curtis Jenssen. O brasileiro vinha liderando até a última rodada apesar de invalidar suas 2 últimas tentativas, entretanto teve que se contentar com a prata já que Curtis na sua tentativa final lançou 21.63m para superar Romani e sair vitorioso.

PÓDIO

1Curtis Jenssen (USA21.63

2 Darlan Romani (BRA) 21.48

3 – Chukwuebuka Enekwechi (NGR) 20.43

3.000m com Obstáculos

Os brasileiros tinham grandes expectativas para essa prova com Altobeli da Silva que vem com grandes resultados esse ano, porém ele tinha a sua frente uma legião de quenianos. Os atletas entraram na prova querendo “cozinhar” mas Altobeli logo assumiu a ponta para imprimir ritmo de prova e os africanos observaram por alguns metros, porém, logo encostaram nele. Antes de entrar no quilômetro final Nicholas Bett foi para frente e atacou sem enfrentar resistência e venceu a prova. Na última volta Altobeli foi ultrapassado por Barnabas Kipyego (KEN) e teve que se contentar com o bronze, marcando 8:32.46.

PÓDIO

1Nicholas Bett (KEN) 8:27.03

2 Barnabas Kipyego (KEN) 8:30.43

3 – Altobeli da Silva (BRA) 8:32.46

E para encerrar o GP Brasil tivemos a provas mais nobre do atletismo, os 100m rasos feminino e masculino.

No feminino Vitoria Rosa de 22 anos que recentemente bateu o recorde SUB-23 em Guadalajara/ESP (11.03) venceu com 11.14, deixando para trás a brasileira Rosangela Santos *AR e a americana Barbara Pierre.

FOTO: Renan Sciola

PÓDIO

1 – Vitoria Rosa (BRA) 11.14

2 Barbara Pierre (USA) 11.18 SB

3 – Rosangela Santos (BRA) 11.23 SB

 

 

 

No masculino o jovem Paulo André de 19 anos levou a melhor e venceu com 10.14. Recentemente ele alcançou a 2ª melhor marca brasileira da história nos 100m rasos com 10.06, igualando André Domingos e atrás apenas de Robson Caetano (10.00). A expectativa é grande de que Paulo André seja o 1º brasileiro a quebrar a barreira dos 10″ na distância.

PÓDIO

1 – Paul André (BRA) 10.14

2 Cejhae Greene (ANT) 10.16

3 – Jorge Vides (BRA) 10.22

PBPersonal Best (Recorde Pessoal)
ARArea Record (Recorde do Continente)
SB Season Best (Melhor do Ano)

__________________________________________________________________________________________________

07/07/2018
Diamond League Lausanne/SUI

Essa etapa da DL vai fica na história por um episódio ocorrido nos 5.000m rasos. Também tivemos ótimas marcas mais uma vez e brasileiro sendo pódio na prova.

Vamos começar pelo excelente resultado do brasileiro Darlan Romani no Arremesso do Peso, ele foi prata ao arremessar 21.38m. O ouro ficou com Tomas Walsh (NZL) com a marca de 21.92m.

Outro brasileiro a obter um bom resultado foi Paulo André nos 200m rasos ele foi para final e ficou em 5º lugar com 20.33. Ele vem fazendo uma ótima temporada na Europa e recentemente fez a 2ª melhor marca brasileira “All the times“nos 100m rasos ao igualar André Domingos com 10.06.

Agora vamos para os destaques dessa etapa…

Vamos começar pelos 5.000m. Antes de mais nada veja o que acontece com os atletas que lideravam a prova:

Virou futebol agora? Pode isso Arnaldo? O etíope Yomif Kejelcha tropeçou e puxou seu compatriota Selemon Barega, ainda assim Selemon foi segundo colocado e Kejelcha desclassificado. Barega ficou muito irritado pós prova e também não era pra menos, pois ele sabe que viria um Sub 13’00” se não tivesse sido puxado.

1 – Birhanu Balew (BRN)  13:01.09
2 – Selemon Barega (ETH)  13:02.67
3 – Abadi Hadis (ETH)  13:03.62

Nos 800m rasos sem a presença de Caster Semenya, o duelo ficou entre Francine Niyonsaba (BOI) e a americana Ajee Wilson. A coelha cravou 55.61 na 1ª volta e além de Wilson e Niyonsaba a etíope Habitam Alemu acompanhou de perto. Mas o duelo final ficou entre as duas primeiras e Francine levou a melhor mesmo sofrendo pressão de Ajee na reta final.

1 – F. Niyonsaba (BOI)  1.57.80
2 – A. Wilson (USA)  1.58.20
3 – H. Alemu (ETH)  1.58.38

Veja a prova:

Nos 400m c/barreiras Abderrahman Samba segue soberano e dando show na DL e venceu mais uma vez ao marcar 47.42.

1 – Abderrahman Samba (QAT47.42
2 – Karsten Warholm (NOR47.92
3 – Yasmani Copello (TUR48.85

Veja a prova:

Na prova dos 110m c/barreiras o melhor atleta dos últimos anos continua dominante, o russo Sergey Shubenkov (ANA). Mais uma vez correu sub 13’00” e venceu a prova com larga vantagem ao marcar 12.95. Essa é a prova do brasileiro Gabriel Constantino, se ele tivesse na disputa e iguala-se sua melhor marca esse ano, seria prata.

Veja a prova:

__________________________________________________________________________________________________

07/07/2018
Meeting de Guadalajara/ESP

Os brasileiros continuam na Europa competindo e na Espanha tivemos alguns se destacando no Meeting de Guadalajara.

A começar por Vitoria Rosa que não só venceu os 100m rasos, como decretou novo recorde Sub – 23 brasileiro ao atingir sua melhor marca na carreira com 11.03. Ele é líder do ranking brasileiro em 2018.

Derick Souza foi responsável por uma dobradinha verde e amarela na Espanha ao vencer os 100m rasos também com 10.10 PB, esse tempo ainda o colocou como vice líder do ranking nacional brasileiro.

Indo para o campo, Núbia Soares foi ouro no Salto Triplo ao marcar 14.15. Ela lidera o ranking nacional com 14.59m alcançado em Cochabamba/BOL esse ano.

Outro atleta que segue de destacando é Gabriel Constantino nos 110m c/barreiras, ele alcançou o lugar mais alto do pódio ao marcar 13.36. Além de ser líder do ranking nacional, recentemente ele quebrou o recorde sul-americano com 13.23.

Ainda tivemos Lucas dos Santos com o bronze no Salto em Distância (7.78m), Fernanda Borges com a prata no Lançamento de Disco (63.64m).

__________________________________________________________________________________________________

02/07/2018
Diamond League Paris/2018

Como sempre a etapa de Paris da Liga de Diamante nos trás grandes resultados como de costume. Teve recordes da Liga caindo e marcas surpreendentes que não víamos há muito tempo.

E começamos com o catariano Abderrahman Samba que esse ano vem dando show na liga e pela 4ª vez ele quebrou o CR, mas dessa vez ele foi ainda mais longe, e se tornou o 2º homen no mundo a quebrar a barreira dos 47″ nos 400m c/barreiras. Depois que Samba olhou o placar, colocou a mão na cabeça descrente que tinha atingido 46.98.

Veja a prova:

Nos 1500m rasos Timothy Cheruiyot (KEN) continua como o homem a ser batido. Em Paris ele decretou o 1º sub 03:30 do ano ao marcar 03:29.71 CR e colocou mais de 2″ no segundo colocado da prova. A disputa contou com os coelhos para marcar o ritmo, eles levaram Cheruiyot até os 1200, a partir daí vimos um sprint alucinante nos últimos 300m (39.50).

Veja a prova:

Os 3000m c/obstáculos entre as melhores teve seu 1º sub 9′ no ano, além de se tornar a 5ª melhor marca “All the times“. A responsável por isso foi a queniana Beatrice Chepkoech que marcou 08:59.36 e trouxe com ela mais 3 mulheres com menos de 9’05” pela 1ª vez na história. Ansioso por um duelo dela com a barenita Ruth Jebet, dona do WR com 08:52.78.

Veja a prova:

Os 800m rasos trouxe uma prova sem dúvidas memorável. Ferguson Rotich (KEN) saiu de último para vencer a prova nos últimos 300m da disputa, num sprint surpreendente fechando a prova em 01:43.73. Na reta final da prova a sensação foi, “Não acredito que ele conseguiu vencer essa”. O brasileiro Thiago André estava na prova e foi 9º colocado com 01:45.59.

Veja a prova:

Na prova mais nobre da pista o americano Ronnie Baker decretou novo CR e PB ao marcar 9.88 numa disputa emocionante com o francês Jimmy Vicaut que atingiu o melhor da temporada com 9.91 e o chinês Bingtian Su que também com 9.91 alcançou sua melhor marcar na carreira e decretou novo recorde asiático.

Veja a prova:

E finalizando os grandes resultados tivemos Caster Semenya vencendo sem pacer os 800m rasos com o 4º melhor tempo do mundo e melhor marca dela na carreira com 01:54.25. Há 10 anos não víamos um 800m F para casa do 01:54 quando a queniana Pamela Jelimo cravou 01:54.01 em Zurique/SUI.  A pergunta que fica é a seguinte: Será que ela quebra o WR da tcheca Jarmila Kratochvílová de 01:53.28 em Munique/1983? Com a quantidade de testosterona que ela tem, eu não duvido.

Veja prova:

__________________________________________________________________________________________________

01/07/2018
Gold Coast Marathon/2018

A tradicional prova da Oceania ganhou mais um capítulo na sua história. A 1ª Maratona da Austrália chegou a sua edição de número 40 e contou com a presença de grandes atletas.

No masculino os principais destaques eram o veterano e tricampeão Kenneth Mungara (KEN) e os japoneses Kenta Murayama, Yuki Kawauchi e Takuya Noguchi.

A prova é conhecida pelos duelos que têm proporcionado depois dos 40km nas últimas edições e dessa vez não foi diferente. Na altura dos 35k Mungara e Murayama tinham 19 segundos de vantagem para Jo Fukuda (JAP) e Noguchi. Na passagem dos 40km Fukuda alcançou os líderes. Mas o queniano soube controlar seus adversários japoneses para vencer por uma diferença mínima de 1 e 3 segundos para Murayama e Fukuda respectivamente.

Mungara que tem 44 anos chegou a sua 3ª vitória em quatro anos na Austrália e Noguchi que venceu o ano passado o próprio Mungara teve que se contentar com o 4º lugar dessa vez. O queridinho Yuki Kawauchi foi apenas o 9ª colocado com 02:14:51, ele venceu a prova em 2013.

Entre as mulheres tivemos CR com Ruth Chebitok (KEN), a vitória dela foi a 1ª de uma queniana – pode acreditar – chega a ser surpreendente, mas o país nunca havia obtido uma vitória feminina em Gold Coast.

Chebitok já havia vencido a Maratona de Barcelona em março com 02:25:49. A vitória na Austrália com 02:24:49 foi o melhor da queniana de 27 anos. A local Jessica Trengove foi segunda com 02:26:31 e fechando o pódio Agnes Barsosio também do Quênia marcou 02:27:46.

RESULTADOS

Homens

1 – Kenneth Mungara (KEN) – 2:09:49
2 – Kenta Murayama (JAP) – 2:09:50 PB
3 – Jo Fukuda (JAP) – 2:09:52 PB
4 – Takuya Noguchi (JAP) – 2:10:15
5 – Philip Sanga (KEN) – 2:11:44

Mulheres

1 – Ruth Chebitok (KEN) – 2:24:49  CR, PB
2 – Jessica Trengove (AUS) – 2:26:31  PB
3 – Agnes Barsosio (KEN) – 2:27:46
4 – Miharu Shimokado (JAP) – 2:29:38
5 – Celia Sullohern (AUS) – 2:30:19

__________________________________________________________________________________________________

01/07/2018
Meeting na Suiça

Márcio Telles competiu novamente e venceu mais uma vez, além de conseguir melhorar sua marca pessoal no ano e ranking brasileiro. Telles marcou 49.09, dias trás ele tinha marcado 49.78 em Sollentuna/SWE.

__________________________________________________________________________________________________

30/06/2018
Meeting Samorin/SVK

A jovem promessa brasileira Paulo André segue dando show nos 100m rasos. Ele foi bronze na Eslováquia com 10.13 na última sexta, e segue sendo bem consistente na  temporada européia. Será que ele é nosso candidato a quebrar a barreira dos 10 segundos? Não temos dúvidas, e não podemos esquecer que o atleta tem apenas 19 anos.

A brasileira Fabiana dos Santos foi 5ª Colocada nos 100m c/barreira ao marcar 13.48Elvira Herman (BLR) venceu a prova com 12.64.

__________________________________________________________________________________________________

30/06/2018
GP Sollentuna/SWE

O grande destaque brasileiro na competição foi Marcio Telles nos 400m c/barreiras, o atleta venceu a prova ao marcar 49.78. O segundo colocado foi Jeffery Gibson (BAH) 1 décimo atrás.

Tivemos Altobeli Silva de volta aos 3.000m c/obstáculos. Ele foi o 4º Colocado com 08:29.04, assumindo a liderança no ranking sul-americano. Tolosa Nurgi (ETH), venceu com 8:23.96.

Alexsandro Melo do Salto em Distância fez um bom salto e foi bronze com 7.83m.

__________________________________________________________________________________________________

29/06/2018
Meeting de Nancy/FRA

Brasileiros se destacam na França.

De novo ele, Gabriel Constantino, venceu pela 2º vez consecutiva (o atleta faz Camping na Europa). Dessa vez ele não foi tão rápido como nas semanas anteriores, mas 13.49 foi o suficiente para o ouro. O atleta vem sendo bem consistente e há duas semanas bateu o recorde sul-americano ao marcar 13.23.

Nos 100m rasos Vitória Rosa foi 2ª colocada ao marcar 11.25, ficou 3 centésimos do ouro, ela vem apresentando bons resultados na Europa.

Já nos 1500m rasos Thiago André marcou 3:38.23 na final e ficou com o sexto lugar. O campeão Ronald Musagala (UGA) fez 3:35.33.

__________________________________________________________________________________________________

24/06/2018
RESULTS Meia Mattoni Olomouc/CZE

As provas de rua na República Tcheca há alguns anos são conhecidas por provas rápidas, clima e percurso plano contribuem bastante e ao longo do ano são diversas provas nas mais variadas distâncias.

Nesse sábado ocorreu a Meia de Olomouc, Leste do país, e como havíamos postado aqui, a prova tava repleta de grandes atletas e tivemos a quebra de recorde do percurso entre os homens.

A movimentação no masculino só começou depois da marca dos 15k que foi alcançada com 43’21”. E o jovem Stephen Kiprop de 19 anos foi ousado ao atacar nomes como Jemal Yimer e Justus Kangogo. E o queniano foi recompensado com a vitória e CR ao fechar a prova em 01:00:15.

FOTO: Olomouc Half Marathon (Organisers)

CLASSIFICAÇÃO

1 – S Kiprop (KEN) 01:00:15
2 – J. Yimer (ETH)   01:00:37
3 – A. Kipchumba (KEN) 01:00:57
4 – E. Cheruiyot (KEN) 01:01:00
5 – J. Kangogo (KEN) 01:01:34

 

 

No feminino a brincadeira não durou muito, a campeã e recordista mundial Netsanet Gudeta imprimiu um ritmo forte e marcou 15’55” na passagem dos 5km e nem Aselefech Megia pode acompanhar passando 18″ atrás. Gudeta continuou forte para vencer e atingir sua 3º melhor marca na distância com 01:07:30.

FOTO: Olomouc Half Marathon (Organisers)

CLASSIFICAÇÃO

1 – N. Gudeta (ETH) 1:07:30
2 – A. Mergia (ETH)  1:09:45
3 – T. Gebre (ESP)    1:09:51
4 – C. Calvin (FRA)   1:09:52
5 – E, Nývltová (CZE) 1:11:10

 

 

__________________________________________________________________________________________________

22/06/2018
Meia Maratona de Mattoni Olomouc/CZE

Amanhã acontece a Meia de Mattoni Olomouc e o Start List apresenta grandes nomes.

No feminino a campeã e recordista mundial – *01:06:11 – dos 21k (com largada só para mulheres) Netsanet Gudeta (ETH) puxa a fila. Sua compatriota Aselefech Mergia promete fazer frente a ela na disputa e ainda temos as quenianas, Penninah Kandie e Antonina Kwambai, além da recém recordista francesa nos 10k, Clemence Calvin. Será que o recorde de Mary Keitany (KEN) 1:06:38 de 2015 está ameaçado?

Entre os homens a lista conta com 4 atletas SUB 01h00 que prometem buscar o recorde da prova de Geoffrey Ronoh (KEN) 1:00:17 de 2014. Jemal Yimer (ETH) é o grande destaque, esse ano ele marcou 59′ cravados na RAK onde foi 2º colocado, atrás apenas de Bedan Karoki. O queniano Justus Kangogo é um dos atletas mais experientes na distância e tem 59’31” como melhor marca e fará jogo duro, assim como seus compatriotas Gilbert Masai (59’31”) e Stephen Kiprop 59’44”. Façam suas apostas!

FOTO: AFP / Getty Images

__________________________________________________________________________________________________

22/06/2018
Field de Chicago/2018

Depois da confirmação de Galen Rupp (USA) e Mo Farah (GBR), a organização de Chicago anunciou a presença de Yuki Kawauchi e Suguro Osako na prova que acontece dia 07 de Outubro.

Leia mais…

__________________________________________________________________________________________________

20/06/2018
Meeting Internacional de Montreuil Paris/FRA

Os atletas brasileiros atingiram bons resultados no Meeting francês.

Nos 1500m rasos Thiago André ficou com a medalha de bronze e mais uma vez mostrou regularidade nessa distância, o atleta cravou 03:36.78. A vitória ficou com o marroquino Brahim Kaazouzi, 03:35.94.

Na prova mais nobre da pista, 100m rasos, Paulo André de Oliveira de apenas 19 anos foi bronze e atingiu a 4º melhor marca “All the times” do ranking nacional ao cravar 10.10. O ouro ficou com o chinês Zhenye Xie, 9.97.

E para encerrar os grandes resultados, Gabriel Constantino quebrou o recorde sul-americano nos 110 com barreiras, em solo parisiense. Ele ficou com a prata ao marcar 13.23, o ouro foi para o russo Sergey Shubenkov (12.99). O atleta brasileiro vem apresentando excelentes resultados em 2018.

Foto: Fernanda Paradizo/CBat

__________________________________________________________________________________________________

11/06/2018
Maratona de Porto Alegre

A Maratona mais rápida do Brasil enfrentou grandes adversários esse ano, a chuva e o forte vento forçou os atletas a serem mais conservadores na prova e muitos deles enfrentaram dificuldades ao longo dos 42km.

No masculino a vitória voltou para mãos brasileiras com Jurandyr Couto Junior, o atleta marcou 02:21:41. Entre as mulheres a vitória ficou com a africana Caroline Kimosop que fez 02:51:22 e a melhor brasileira foi Joziane Cardozo na 2ª posição com 02:51:41.

RESULTADOS GERAIS

Masculino

Feminino

__________________________________________________________________________________________________

08/06/2018
Diamond League Oslo/NOR

Mais uma etapa da Liga de Diamante. Dessa vez o palco foi montado na Noruega e tivemos a participação do brasileiro Thiago André na Milha.

O atleta brasileiro perdeu força na reta final da prova e não se saiu muito bem sendo apenas o 11º colocado com 03:59.87. O vencedor da disputa foi o queniano Elijah Manangoi 03:56.95.

Nos 10.000m teve uma disputa bem interessante, que fugiu daquela briga habitual entre atletas africanos. Dominic Kiptarus (KEN), Stewart MacSweyn (AUS) e Julien Wanders (SUI) foram os protagonistas da briga durante 25 voltas e menos de 2 segundos separou esses 3 atletas que pareciam estar numa disputa a parte dos demais competidores na prova.

1D. Kiptarus 28:05.34
2S. McSweyn 28:05.37
3J. Wanders 28:07.15

__________________________________________________________________________________________________

05/06/2018
Maratona do RIO/2018

A maior Maratona em números do Brasil esse ano trouxe novidades, “O Desafio da Cidade Maravilhosa” que consistia na realização de 21k no sábado e os 42k no domingo e a “Maratoninha Gloob” direcionada a criançada.

No desafio dos 21k + 42k gostaríamos de deixar uma crítica/sugestão: “Têm que existir um corte para os atletas participarem do desafio”. Já no sábado mais de 100 atletas concluíram os 21k pra mais de 02h30 no masculino e o mesmo aconteceu com quase 100 mulheres, vamos ser sinceros… Essas pessoas não têm condições de fazer uma maratona no dia seguinte, e pior que isso, colocam a própria vida em risco, basta ler um pouquinho sobre “Fisiologia” e – própria vida em risco – não será um exagero. Espero que o ano que vêm a organização mude isso!

Tanto no feminino quanto no masculino tivemos vitórias de atletas africanos. No masculino Mersimoy Niguse Alem saiu vitorioso com 02:18:41 e o melhor brasileiro foi Gilmar Silvestre Lopes na 3ª posição com 02:21:01. Entre as mulheres Zinash Estifo Barnetirga levou a melhor com 02:41:40 e a brasileira Mirela Saturnino foi vice-campeã com 02:42:26.

RESULTADOS GERAIS

Maratona

Meia Maratona

Family Run (6k & 10k)

Maratoninha Gloob

__________________________________________________________________________________________________

04/06/2018
Maratona Internacional da Cidade de Florianópolis

Agora Florianópolis tem 2 Maratonas e no último domingo aconteceu a 1ª delas. As condições climáticas eram favoráveis ao atletas. Mas um corredor em particular chamou a atenção, Samuel Souza do Nascimento se sagrou campeão ao marcar 02:18:35.

O atleta optou por uma prova agressiva passando a Meia para 01h06 alto e nenhum adversário conseguiu acompanhar. Na segunda parte da prova Samuel não conseguiu segurar o ritmo e sem dúvidas a grande vilã dele foi a solidão, correr uma Maratona o tempo todo sozinho, alguma hora a fadiga chega e bate forte.

No feminino Simone Ponte Ferraz fez uma prova bem ritmada e não deu chances as adversárias. A atleta venceu com boa marca, 02:45:09, colocando mais de 10 minutos na segunda colocada.

RESULTADOS GERAIS

Masculino 42k

Feminino 42k

__________________________________________________________________________________________________

29/05/2018
TCS World 10K Bengaluru/IND

Esses 10K na Índia tem uma grande premiação, São U$ 26.000,00 para o 1º colocado, 17.000,00 dólares para o 2º e 10.000,00 dólares para o terceiro, acrescenta um bônus de U$ 7.000,00 em caso de quebra do recorde do percurso.

E isso atraí os melhores atletas do mundo e o field dá prova só tinha monstros. No masculino, Geoffrey Kamworor, Mosinet Geremew, Abraham Cheroben, Alex Korio, Birhanu Legese e Edwin Kiptoo. No feminino, Agnes Tirop, Netsanet Gudeta, Caroline Kipkirui, Senbere Teferi e Pauline Kamulu.

MASCULINO

A temperatura e a umidade do ar estavam altas (Típico da Índia) e isso impediu os atletas de buscarem o recorde do percurso de Kamworor 27:44/2014 e por falar nele, desde o início correu na frente, o único a ajudar ele foi o campeão do ano passado Alex Korio. A passagem dos 5k marcou 14:28, e Kamworor atacou nos kms seguinte correndo a 2’42” de média. O único que acompanhou foi Legese, até o 8k quando ele não suportou mais o ritmo do tricampeão mundial (21k), que seguiu firme para vencer com 28:18.

IAAF (Race Organisers)

FEMININO

Entre elas parece que o fator clima não atrapalhou e tivemos recorde do percurso. A marca dos 5k foi alcançada com 16:01 por 5 atletas, as quenianas Kamulu, Tirop e Kipkirui e as etíopes Gudeta e Teferi.

Os 7k foram atingidos com 22:21 com Gudeta e Teferi se ajudando na ponta. No km 8 Gudeta sentiu o pace devido a força que fez para puxar a prova e viu Teferi assumir a ponta do pelotão e se afastar. Os 9k marcaram 28:25 com Teferi, Tirop e Kipkirui, essa última já demonstrava cansaço e nos metros seguintes ficou. E o duelo Teferi x Tirop começou e a queniana foi agressiva imprimindo 2’50” de ritmo nos metros finais e faltando 250m a etíope nada pode fazer. Agnes Tirop esmagou o antigo recorde ao cravar 31:19, Teferi veio 3” atrás e fechando o pódio Kipikirui com 31:28, todas elas correram abaixo do antigo recorde de 31:46.

IAAF (Race Organisers)

__________________________________________________________________________________________________

29/05/2018
Maratona de Ottawa/2018

FEMININO

Gelete Burka (ETH) alcançou mais um grande resultado, depois de atingir 02:20:45 em Dubai no inicio do ano, ela saiu vitoriosa no Canadá apesar de enfrentar dificuldades, e provou que pode ser  tão boa na rua quanto nas provas de pista onde já obteve medalhas em mundiais e olimpíadas.

Em Ottawa o percurso não é dos melhores e ventava bastante. Na altura do km 30 Burka teve a companhia de sua compatriota Hiwot Gebrekidan para seguir firme na ponta. Depois de uns 4kms ela atacou e correu para vitória soberana com 02:22:17 e um novo recorde do percurso e melhor tempo em solo canadense, apesar de um incomodo estomacal. Na segunda posição veio Gebrekidan  com 02h26:11 e fechando o pódio Sara Hall (USA) com 02:26:20, com direito ao melhor tempo da carreira.

Kevin Morris (organisers)

MASCULINO

A pedida para os coelhos era uma meia pra 01:03:30, e eles ficaram bem próximos disso marcando 01:03:47 na metade da prova.

Depois disso o grande vilão foi o vento que atrapalhou todos atletas e o ritmo caiu. O campeão de 2014 (Melhor tempo em solo canadense 02:06:48) e recordista do percurso Yemane Tsegay sempre esteve entre os líderes e saiu vitorioso pela segunda vez no canada com 02:08:52, acompanhado pelo queniano John Korir com 02:09:14 e o etíope  Adugna  Takele fechou o pódio com 02:09:26.

Kevin Morris (organisers)

__________________________________________________________________________________________________

22/05/2018
10km Tribuna Santos/2018

A 33ª edição dos 10k mais rápidos do Brasil, foi marcada pelo performance de Maxwell Rotich (UGA) com a melhor marca já vista em solo brasileiro.

O atleta de 20 anos atingiu sua melhor marca na distância ao vencer com 27’22” (2’44” pace/médio), além de  destruir o antigo recorde da prova que era 27’45”. O tempo de Rotich é o 3º melhor do mundo em 2018, atrás apenas dos quenianos Rhonex Kipruto (27’08”) e Mathew Kimeli (27’19”). O melhor brasileiro da prova foi Giovani dos Santos que ficou na 3ª posição com 28’40”.

No feminino Paskalia Chepkorir (KEN) levou a melhor e venceu com 32’15” (3’13” pace/médio). A melhorar brasileira na prova foi Franciane dos Santos com 33’42”, ele ficou com a 3ª posição na prova.

RESULTADOS GERAIS

Masculino

Feminino

__________________________________________________________________________________________________

17/05/2018
Confirmações para Maratona de Chicago/2018

A organização de Maratona de Chicago confirmou a presença dos americanos Galen Rupp e Jordan Hasay em outubro em Illinois.

 

Galen Rupp defende o título conquistado na última edição quando deixou para trás os quenianos Abel kirui e Bernard Kipyego ao atacar no final e cravar 02:09:20, se a marca alcançada o ano passado não é das melhores, podemos esperar por muito mais esse ano, já que o americano vem embalado pela sua recente conquista em Praga quando alcançou o melhor da carreira ao vencer com 02:06:07, o que o colocou como o número quatro do mundo entre não africanos “all the times“.

Jordan Hasay surpreendeu a todos ano passado com os  3ºs lugares em Boston e Chicago. E depois de anos a marca de 02:19:36 da recordista americana Deena Kastor começa a balançar, principalmente quando a pequena Hasay entra em ação. Ela percorrerá as ruas de Illinois em outubro para melhorar o seu 02:20:57 obtido na edição passada.

__________________________________________________________________________________________________

15/05/2018
Thiago André na Diamond League

O meio fundista brasileiro participou no último sábado da 2º etapa da Liga de Diamante em Xangai/CHN. O atleta ficou muito perto de quebrar sua melhor marca nos 1500m rasos.

Em uma distância dominada por africanos, Thiaguinho arrancou um 7º Lugar ao marcar 03:35:40, ele ficou apenas 1 décimo do seu melhor resultado (03:35:28/2017). Nas primeiras posições tivemos os atletas a serem batidos no momento, Timothy Cheruiyot (KEN) venceu com 03:31:48 e Samuel Tefera (Etiópia) foi 2º com 03:31:63.

Ansioso para a próxima etapa em Eugene/USA, onde grandes nomes da pista e campo estarão presentes.

FOTO: London/Organisers

__________________________________________________________________________________________________

13/05/2018
Almir Junior em Guadalupe

O atleta obteve um excelente resultado no Meeting de Guadalupe, disputado no Caribe. Almir foi vencedor do salto triplo com 17.53m, essa marca o coloca como o 3º melhor do ano no ranking mundial.

A prova contou com nomes de peso, entre eles o vencedor do último Mundial Indoor em Birmingham/GBR Will Claye (USA) e o português Pedro Pichardo que lidera o ranking/2018 com 17.95m, os atletas foram prata e bronze respectivamente em Guadalupe.

A próximo competição de Almir Junior é na Diamond League em Eugene/USA, e a 3º etapa da corrida pelo diamante promete, o brasileiro terá como principais adversários Nelson Evora, Christian Taylor e Will Claye.

FOTO: Sogipa

__________________________________________________________________________________________________

09/05/2018
Volkswagen Prague Marathon 2018

Galen Rupp surpreende com grande tempo e vence Praga com 02:06:07, 4° melhor marca de um não africano no mundo “all the times“.

A meia foi alcançada com 01:03:01 por um grupo grande que acompanhava os marcadores de ritmo. Na marca dos 30k não existia mais coelho, apenas Rupp e o etíope Sisay Lemma iam a frente. A partir desse ponto rolou um acordo entre o homem mais rápido do field (02:04:08) e o americano de grandes resultados.

Continuar Lendo…

__________________________________________________________________________________________________

07/05/2018
Mundial de Marcha Atlética em Taicang/CHI

O principal destaque do Brasil na competição foi Erica Sena. A atleta foi 4º colocada nos 20k com 01:28:11 e ficou perto de conquistar a medalha de bronze. A vencedora foi Maria Guadalupe (MEX) que se tornou bicampeã do torneio, com 1:26:38, ela já havia vencido em Londres o ano passado. Na 2ª e 3ª posições ficaram as chinesas Shijie Qieyang e Jiayu Yang, com 1:27:06 e 1:27:22, respectivamente.

Erica Sena já havia  sido 4ª Colocada nos  Mundiais anteriores, em Londres/2017 e Roma/2016. Mas esse 4º lugar na Itália virou um bronze que ela recebeu lá na China, já que a atleta campeã da prova em 2016, a chinesa Hong Liu, foi flagrada no doping recentemente e perdeu seu posto.__________________________________________________________________________________________________

06/05/2018
Almir Junior no Triplo

Na 1ª etapa do Torneio RS de Atletismo, em Porto Alegre (RS), Almir Junior era o grande destaque da competição. O atleta recentemente foi 2º colocado no Mundial Indoor em Birmingham/GBR.

Ele venceu a prova do Salto Triplo, com a marca de 16,96m (-1.4). Essa foi a abertura da temporada em pista aberta para o atleta que semana que vem vai para o Meeting Internacional de Guadalupe, no Caribe e depois disputa a 3ª Etapa da Diamond League/2018 em Eugene/USA. Almir é líder do ranking nacional e sul-americano.

__________________________________________________________________________________________________

05/05/2018
PAYTON JORDAN INVITATIONAL 2018

Altobeli da Silva correu os 5.000m rasos no Payton Jordan, na Universidade de Stanford, em Pato Alto/CA.

Ele foi 9º colocado com 13:23:85 e ficou próximo de quebrar o recorde de Marílson Gomes dos Santos, 13:19:43 de 2006. Vale lembrar que outro atleta brasileiro, Ederson Vilela, também atingiu uma excelente marca o ano passado nos Estados Unidos, ele cravou 13:23:24.

O vencedor da prova foi o norueguês Henrik Ingebrigtsen, com 13:16.97, que foi quinto colocado nos 1.500m na Rio/2016. Os norte-americanos Riley Masters e Justyn Knight ficaram nas segunda e terceira colocações, com 13:16.97 e 13:18.74, respectivamente.

Lembrando que Altobeli foi finalista dos 3.000 com obstáculos na RIO/2016.

Parciais de Altobeli na prova:
2’41” – 2’41” – 2’43” – 2’41” – 2’37”.

Se ele tivesse virado a última volta a 58” quebraria os 13:19 do Marílson. Ele virou 63″ na última depois de ter virado 61″ na penúltima, o próprio atleta confessou que travou nos 200m finais.

FOTO: @csfmag

No feminino…

Tatiele de Carvalho foi para os 10.000m rasos. Ela virou bem os 1ºs 3.000m com 9’39”, mas a partir daí já começou a perder força. Nos 5000m ela cravou 16:23 e fechou a prova em 33:16, acabou virando a 2º metade para 16:53. Acredito que o mundial de meia em Valencia/ESP tenha pesado nas pernas. Em fevereiro ela já tinha corrido 01h13 na meia de Barcelona. Difícil ser rápida na meia e nos 10.000m, os treinos são bem diferentes.

Ela ficou longe do seu melhor que é um 32:09 em Portland/2016. Há algum tempo ela é a melhor atleta de pista do Brasil. Ela lidera o ranking nacional com 15:58 nos 5.000m e esse 33:16 nos 10.000m. Em 2017 ela também liderou as 2 distâncias. Já os 10.000m rasos ela lidera o ranking nacional desde 2014.

A vencedora da prova foi a americana Jessica Tonn com 31:54. Sarah Pagano e Rachel Cliff fecharam o pódio com 31:56, apenas  4 centésimos separou elas.

__________________________________________________________________________________________________

01/05/2018
MARATONA DE DUSSELDORF/ALE

Mais uma prova na Alemanha.

Na prova masculina houve um erro por volta do quilômetro 8 e alguns atletas acabaram correndo um km a mais. Entre eles o vencedor da prova, Gilbert Yegon e o 2º colocado Richard Mutai. Do terceiro ao quinto lugar atletas alemães fecharam na casa das 02:15 e garantiram lugar no Campeonato Europeu de Atletismo.

Entre as mulheres a bielorussa Volha Muzuronak venceu com sobras, 02:25:25, foram 7 minutos na frente da 2º colocada Fabienne Amrhein (ALE). Se não bastasse a vitória, ela quebrou o recorde do percurso. Vale lembrar que a atleta de Belarus foi a quinta colocada da maratona, na RIO/2016.

RESULTADOS

Homens

1 – Gilbert Yegon (KEN) 2:13:55
2 – Richard Mutai (KEN) 2:14:08
3 – Tom Gröschel (ALE) 2:15:20
4 – Sebastian Reinwand (ALE) 2:15:27
5 – Marcus Schöfisch (ALE) 2:15:59

Mulheres

1  Volha Mazuronak (BLR) 2:25:25
2 – Fabienne Amrhein (ALE) 2:32:35
3 – Rose Maru (KEN) 2:33:55
4 – Doroteia Peixoto Alves (POR) 2:35:15
5 – Fadime Suna Celik (TUR) 2:36:21

__________________________________________________________________________________________________

30/04/2018
MARATONA DE HAMBURGO/ALE

A prova contava com vários nomes de peso no masculino e as condições climáticas por lá eram ideais, o que levou a organização cogitar uma quebra de recorde do percurso (Eliud Kipchoge 02:05:30/2013).

Entre os principais nomes, Ayele Abshero (ETH) 02h04 na maratona e 59’ na meia; Yego Solomon (KEN), 58’44” na meia; Stephen Kiprotich (UGA), campeão Olímpico/2012 e Mundial/2013;  Vincet Kipruto (KEN),  5º em Berlim ano passado e atleta bem experiente; Emanuel Mutai (KEN), 02:03:13 na maratona e campeão de Londres/2011, dobradinha em Chicago 2013 e Berlim 2014 com Dennis Kimetto.

Os caras passaram os 15k abaixo do CR com 44:38, mas na meia já tinham saído do tempo que levaria a um novo recorde do percurso. Nos 30km meio que inexplicavelmente os mais experientes começaram a cair e nos 35k só 4 homens corriam na frente, Solomon Yego, o estreante Tadu Abate, Ayele Abshero e Solomon Deksisa.

Nos 36k veio o ataque de Deksisa e Abate foi o único que acompanhou, mas perto dos 40k novo ataque de Solomon  Deksisa pra vencer com 02:06:34, 3º melhor tempo de Hamburgo.

Gilmar Silvestre Lopes era o representante brasileiro na elite, mas ele não completou a prova.

RESULTADOS

Masculino
1 – Solomon Deksisa (ETH) 2:06:34
2 – Tadu Abate (ETH) 2:06:54
3 – Ayele Abshero (ETH) 2:07:19
4 – Solomon Yego (KEN) 2:07:37
5 – Stephen Kiprotich (UGA) 2:07:57
6 – Vincent Kipruto (KEN) 2:10:31
7 – Stephen Chebogut (KEN) 2:10:33
8 – Aychew Bantie (ETH) 2:11:16
9 – Emmanuel Mutai (KEN) 2:11:57

Feminino
1 – Shitaye Eshete (BRN) 2:24:51
2 – Birke Debele (ETH) 2:25:28
3 – Mimi Belete (BRN) 2:26:06
4 – Sylvia Kibet (KEN) 2:30:27
5 – Kuftu Tahir (ETH) 2:34:35
6 – Isabellah Andersson (SWE) 2:34:52
7 – Nina Lauwaert (BEL) 2:37:26
8 – Sally Chepyego (KEN) 2:38:16

__________________________________________________________________________________________________

23/04/2018
Meeting Sac Relays Califórnia/EUA

O atleta brasileiro Altobeli Siva, finalista da RIO/2016 nos 3.000m com obstáculos, participou da prova de 5.000m rasos na Califórnia e o atleta saiu vitorioso.

A diferença de Altobeli para o 10º foi de apenas 4″ e para o 20º colocado 14″, ou seja” uma prova bem disputada e forte. O tempo alcançado foi a melhor marca pessoal do atleta na distância.

Classificação

1 - Altobeli da Silva            CBAT                   13:37.02  
2 - Amon Kemboi                  Campbell               13:37.48  
3 - Rory Linkletter              BYU                    13:37.98  
4 - Brian Barraza                Houston                13:38.71  
5 - Connor McMillan              BYU                    13:38.88  
6 - Diego Leon                   Montana Stat           13:39.89  
7 - Daniel Carney                BYU                    13:39.95  
8 - Robert Brandt                UCLA                   13:41.23  
9 - Luis Vargas                  Unattached             13:41.43  
10 - Wade Meddles                Roots Runnin           13:41.82  

__________________________________________________________________________________________________

23/04/2018
41st Rock ’n’ Roll Madrid Marathon

Em Madrid teve dobradinha queniana de Valentine Kipketer e Eliud Barngetuny, inclusive com recorde do percurso para Kipketer.

No feminino a prova foi decidida bem cedo, Megertu Ifa Geletu (ETH) e a queniana Valentine Kipketer atingiram a marca dos 21 com 01:13:55 solitárias e 4kms mais tarde a etíope começou a ficar. Kipketer foi embora com o coelho pra fechar a prova em 02:30:40, a temperatura alta depois dos 30k impediu que a atleta corresse abaixo das 02h30, mas ainda assim foi decretado novo recorde para o percurso.

Foto: IAAF (Organisers)

Entre os homens um grupo de 10 atletas alcançaram a meia com um promissor 01:04:36, mas eles sabiam que a 2º metade do percurso era mais dura e que o aumento dá temperatura causaria impactos a seguir. Kenneth Kiplagat imprimou um ritmo mais firme depois dos 35k e nos 37km ele tinha a companhia de apenas 2 atletas, Alfonce Kibiwot e Eliud Barngetuny. Dois quilômetros mais tarde Kibiwot deixou a disputa e no último km Barngetuny lançou seu ataque para sair vitorioso e alcançar seu melhor tempo com 02:10:15. Kiplagat fechou em 2º com 02:10:24 PB e completando o pódio Kibiwot com 02:10:32.

__________________________________________________________________________________________________

23/04/2018
Meia de Yangzhou Jianzhen /CHI

Na china o vencedor da Maratona de Dubai chegou ao seu 4º título consecutivo. Mosinet Geremew (ETH) assim como nas outras edições, apostou no seu sprint final e atacou no último km seus adversários.

A organização trouxe 5 atletas SUB – 60, visando uma quebra de recorde do percurso de 2015 (59:52), mas eles não contavam com uma chuva após os 10km.

No último km 3 atletas brigavam pela vitória, Abraham Cheroben (BRN), Shadrack Kimining (KEN) e Geremew que levou a melhor depois de arrancar faltando 400m para o fim e chegar a sua quarta vitória consecutiva com 01:01:31.

Foto: IAAF (Organisers)

RESULTADO

Homens
1 – Mosinet Geremew (ETH) 01:01:31
2 – Abraham Cheroben (BRN) 01:01:33
3 – Shadrack Kimining (KEN) 01:01:35

__________________________________________________________________________________________________

17/04/2018
BOSTON MARATHON/2018

Uma edição histórica… Um ano digno da maior Maratona do mundo… E como a gente sempre brifa… “Boston não é lugar dos mais rápidos e sim dos mais resistentes”.

Sensação térmica de -6º C, ventos de 40km/h e uma prova congelante, esse foi o cenário desde o início de prova.

Continuar lendo… (Clique aqui)

RESULTADOS

Homens
1 – Yuki Kawauchi (JPN) 2:15:58
2 – Geoffrey Kirui (KEN) 2:18:23
3 – Shadrack Biwott (USA) 2:18:35
4 – Tyler Pennel (USA) 2:18:57
5 – Andrew Bumbalough (USA) 2:19:52
6 – Scott Smith (USA) 2:21:47
7 – Abdi Nageeye (NED) 2:23:16
8 – Elkanah Kibet (USA) 2:23:37
9 – Reid Coolsaet (CAN) 2:25:02
10 – Daniel Vassallo (USA) 2:27:50

Mulheres
1 – Desiree Linden (USA) 2:39:54
2 – Sarah Sellers (USA) 2:44:04
3 – Krista Duchene (CAN) 2:44:20
4 – Rachel Hyland (USA) 2:44:29
5 – Jessica Chichester (USA) 2:45:23
6 – Nicole Dimercurio (USA) 2:45:52
7 – Shalane Flanagan (USA) 2:46:31
8 – Kimi Reed (USA) 2:46:47
9 – Edna Kiplagat (KEN) 2:47:14
10 – Hiroko Yoshitomi (JPN) 2:48:29

__________________________________________________________________________________________________

15/04/2018
Meia maratona Nexia Audirevi Lago Maggiore

Na região de Piemonte na Itália, um trio queniano quebrou o recorde do percurso e correram em menos de 59’20”.

Em condições climáticas perfeitas, Daniel Kipchumba, Mangata Kimai Ndiwa e Josphat Kiptoo Boit fizeram uma passagem ousada de 10k quando marcaram, 27’47”. No split/10k seguinte o ritmo caiu um pouco (28″21″), nesse momento Kipchumba e Ndiwa corriam lado a lado e foi assim até a linha de chegada com a vitória de Kipchumba com 1 segundo de vantagem para Ndiwa, e fechando o pódio Josphat Kiptoo.

RESULTADOS

Homens

1 KIPCHUMBA DANIEL KEN 0:59:06
2 NDIWA MANGATA KIMAI KEN 0:59:07
3 BOIT JOSPHAT KIPTOO KEN 0:59:19

 

Mulheres

1 CHEROTICH DAISY KEN 1:09:44
2 MOSOP LEONIDAH  KEN 1:10:26
3 FOUGBERG CHARLOTTA SWE 1:11:58

__________________________________________________________________________________________________

13/04/2018
COMMONWEALTH GAMES 2018

Em Gold Coast/AUSTRÁLIA quem segue dando show é Joshua Cheptegei, dessa vez nos 10.000m rasos. O atleta de UGANDA assim como nos 5.000m, fez um final de prova bem forte para vencer o canadense Mo Ahmed. Girou o último km para 2’26” e a última volta em 56.84 concluindo a prova em 27’19”, novo recorde do campeonato.

Quem também segue dando show é o branquelo Jake Robertson, que marcou novo NR com 27:30.90.

 

Posição País Atleta Tempo  R
1 UGA 27:19.62 GR
2 CAN 27:20.56
3 KEN 27:28.66 SB
4 UGA 27:30.25 SB
5 NZL 27:30.90 NR

__________________________________________________________________________________________________

09/04/2018
Meia de Istambul/2018

RESULTADOS

Homens
1 – Amdework Walelegn (ETH) 59:50
2 – Asefa Tefera (ETH) 1:00:07
3 – Kaan Kigen Özbilen (TUR) 1:00:08
4 – Leonard Langat (KEN) 1:00:16
5 – Evans Cheruiyot (KEN) 1:00:26
Mulheres
1 – Ababel Yeshane (ETH) 1:06:22
2 – Roza Dereje Bekele (ETH) 1:07:00
3 – Diana Kipyokei (KEN) 1:07:55
4 – Joyce Chepkirui (KEN) 1:09:18
5 – Etegagen Woldu (ETH) 1:09:22

__________________________________________________________________________________________________

08/04/2018
38º Maratona de Roterdã HOLANDA/2018

Na rápida Roterdã, o estreante Kenneth Kipkemoi (KEN) levou a melhor com 02:05:44 depois de negativar no estágio final da prova. O atleta de 33 anos deixou adversários muito mais experientes para trás como Abera Kuma e Laban Korir.

Já no feminino, mesmo com dificuldades nos kms finais da prova Visiline Jepkesho venceu com 02:23:47.

RESULTADOS

Homens

1 Kenneth Kipkemoi KEN 02:05:44
2 Abera Kuma KEN 02:05:50
3 Kelkile Gezahegn ETH 02:05:56
4 Laban Korir KEN 02:05:58
5 Marius Kipserem KEN 02:07:22

__________________________________________________________________________________________________

08/04/2018
Hanover Marathon/2018

A prova foi bem quente na Alemanha e castigou os atletas. O etíope Seboka Negusse correu pela 2ª vez sub – 02:10 e saiu vitorioso com 02:09:44. Mas quem roubou a cena foi o 2º colocado. A poucos metros do fim Michael Kunyuga (KEN) desabou e não teve força para se levantar e terminou a prova rastejando e por pouco não foi ultrapassado pelo seu compatriota Duncan Koech.

RESULTADOS

Homens
1 – Seboka Negussa (ETH) 2:09:44
2 – Michael Kunyuga (KEN) 2:10:16
3 – Duncan Koech (KEN) 2:10:19
4 – Justus Kiprotich (KEN) 2:11:11
5 – Henryk Szost (POL) 2:13:37

___________________________________________________________________________________________________

08/04/2018
Paris Marathon/2018

A maior maratona da EUROPA atualmente mais uma vez teve um grande número de concluintes na distância mais nobre do atletismo, foram 42.095 atletas atletas que cruzaram a linha de chegada pra sermos exato. Coincidência ou não quase a distância da Maratona/42.195m.

No masculino de novo ele, o queniano Paul Lonyangata correu a prova todo como se estivesse pensando… “A hora que eu quiser eu venço”. No km 40 ele conseguiu abrir uma brecha para seus principais concorrentes naquele momento, Kisorio e Ngeno, que foi suficiente para ele se tornar bicampeão na capital francesa com 02:06:25, 15 segundos a mais que no último ano.

No feminino Amane Gobena, atleta mais rápida do field, se manteve no pelotão principal até os 35km quando sofreu uma queda no posto de hidratação e perdeu contato com o grupo. No km 38 Betsy Saina abriu uma pequena vantagem para Ruth Chepngetich e Gulume Chala. Nos último metros Chepngetich colou em Saina, mas Betsy tirou forças de onde não tinha para vencer com 02:22:55.

RESULTADOS

Homens
1 – Paul Lonyangata (KEN) 2:06:25
2 – Mathew Kisorio (KEN) 2:06:36
3 – Ernest Ngeno (KEN) 2:06:41
4 – Yitayal Atnafu (ETH) 2:07:00
5 – Eliud Kiptanui (KEN) 2:08:20
Mulheres
1 – Betsy Saina (KEN) 2:22:55
2 – Ruth Chepngetich (KEN) 2:22:59
3 – Gulume Chala (ETH) 2:23:06
4 – Ashete Bekele (ETH) 2:23:27
5 – Stella Barsosio (KEN) 2:23:43

___________________________________________________________________________________________________

07/04/2018
Praga Half Marathon

A meia de Praga mais uma vez apresentou grandes resultados, além de 3 homens SUB – 60, outro grande destaque foi a campeã Joan Melly (KEN) que marcou 65:04, a 5º marca mais rápida de todos os tempos no feminino.

No masculino a disputa foi acirrada mais Bernard Kimeli conseguiu escapar no último quilômetro dos seus compatriotas Geoffrey Yegon e Peter Kwemoi para vencer com 59:47.

RESULTADOS

Homens
1 – Benard Kimeli (KEN) 59:47
2 – Geoffrey Yegon (KEN) 59:56
3 – Peter Kwemoi (KEN) 59:58
4 – Abel Kipchumba (KEN) 1:00:05
5 – Shadrack Kiplagat, (KEN) 1:00:06
6 – Abraham Kapsis Kipyatich, (KEN) 1:00:08
7 – Justus Kangogo (KEN) 1:00:24
8 – Joshat Kimutai Tanui (KEN) 1:01:14
9 – Edmond Kipngetich (KEN) 1:01:19
10 – Eyob Faniel (ITA) 1:02:27
Mulheres
1 – Joan Melly (KEN) 1:05:04
2 – Caaroline Chepkoech Kipkirui (KEN) 1:06:09
3 – Worknesh Degefa (ETH) 1:08:10
4 – Risper Chebet (KEN) 1:09:25
5 – Antonina Kwambai (KEN) 1:09:48
6 – Flomena Chepchirchir (KEN) 1:09:52
7 – Gladys Kimaina (KEN) 1:10:40
8 – Eva Vrabcová-Nývltová (CZE) 1:11:01
9 – Sviatlana Kudzelich (BLR) 1:11:45
10 – Catherine Bertone (ITA) 1:13:51

___________________________________________________________________________________________________

02/04/2018
Crescent City Classic/2018

A prova tradicionalíssima chegou a sua 40º Edição em New Orleans/Luisiana. O fim de semana de páscoa conta com diversas festividades e muito esporte. Entre eles a corrida de 10k que largada no Superdome e chega no City Park.

O neo zelandês Jake Robertson defendia seu título. E ele fez muito mais que isso, venceu, quebrou o recorde do percurso e igualou o recorde nacional do seu irmão Zane Robertson com 27’28”.

Com uma passagem de 5k para 13’37” ninguém ousou acompanhá-lo e no final correndo sozinho o ritmo caiu um pouco, mas ainda assim atingiu essa marca expressiva.

Agora Jake tem os recordes nacionais dos 10k e da Maratona (02;08:26) enquanto seu irmão Zane, têm o recorde da Meia com 59’47”.

RESULTADOS

Homens
1 – Jake Robertson (NZL) 27:28
2 – John Muritu (KEN) 28:14
3 – Edwin Soi (KEN) 28:18
4 – Reid Buchanan (USA) 28:56
5 – Isiah Koech (KEN) 29:07

Mulheres
1 – Monicah Ngige (KEN) 32:05
2 – Iveen Chepekemoi (KEN) 32:27
3 – Hiwot Ayalew (ETH) 32:31
4 – Magdalyne Masai (KEN)33:05
5 – Sarah Pagano (USA), 33:06

___________________________________________________________________________________________________

01/04/2018
Daegu Marathon/2018

Na Coréia o queniano Abraham Kiptum saiu vitorioso e decretou novo recorde do percurso após cravar 02:06:29 CR.

A disputa foi acirrada e Kiptum conseguiu abrir alguns segundos nos últimos 5 quilômetros em um duelo com Evans Korir e Peter Some, o que foi suficiente para vitória, 6″ mais tarde Evans Korir e fechando o pódio Some, todos quenianos.

No feminino os destaques foram a vencedora Janet Rono (KEN) com 02:28:01 e a local Ahn Seul-Ki com 02:28:17, a coreano melhorou sua marca em mais de 3 minutos.

RESULTADOS

Homens
1 Abraham Kiptum (KEN) 2:06:29
2 Evans Korir (KEN) 2:06:35
3 Peter Some (KEN) 2:06:49
4 Elisha Rotich (KEN) 2:07:50
5 El Mahjoub Dazza (MAR) 2:08:33

Mulheres
1 Janet Rono (KEN) 2:28:01
2 Ahn Seul-Ki (KOR) 2:28:17
3 Pamela Rotich (KEN) 2:28:45
4 Winnie Jepkorir (KEN) 2:28:49
5 Soud Kanbouchia (MAR) 2:31:53

___________________________________________________________________________________________________

30/03/2018
Texas Relays Austin

No último dia de disputa em Austin/TX as atenções estavam voltadas para o salto com vara masculino, uma vez que o tricampeão Mundial Indoor estava de volta as competições.

Renauld Lavillenie travou um duelo de alto nível com o canadense Shawn Barber e o Sueco Armand Duplantis. Depois de 19 anos, 3 atletas conseguiram ultrapassar a marca dos 5.92m na mesma competição.

Em contrapartida todos falharam com o sarrafo a 6.02m e o francês saiu vitorioso, já que precisou de menos saltos para atingir a marca de 5.92m. Barber foi o 2º e Duplantis fechou o pódio e decretou novo Recorde Mundial Sub-20.

___________________________________________________________________________________________________

26/03/2018
Mundial de Meia Maratona VALENCIA/2018

De novo ele, Geoffrey Kamworor (KEN). Agora tricampeão Mundial de Meia Maratona, isso mesmo, 3 vezes Campeão (2014/2016/2018) e de forma consecutiva.

O tempo não foi dos mais fortes no geral 01:00:02. Mas depois dos 15k quando ele atacou ninguém segurou, o último split/5k (15k ao 20k) marcou 13’01” isso dá 2’36” de pace, nem Mo Farah acompanharia.
Será que rola um tirinho de 1000m nesse pace?
Monstruoso!

Abraham Cheroben (BRN) foi o 2° com 01:00:22 e fechando o pódio tivemos o eritreu Aron Kifle (01:00:31) que ficou com o Bronze.



No feminino a etíope Netsanet Kebede surpreendeu a favorita Joyciline Jepkosgei (KEN) e venceu estabelecendo novo CR com 01:06:11. A queniana foi 2° com 01:06:54 e sua compatriota Pauline Kamulu fechou o pódio com 01:06:56.

A brasileira Tatiele Carvalho fechou a prova com 01:16:58. Parabéns guerreira!!!


Masculino
1 – Geoffrey Kamworor (KEN) 01:00:02
2 – Abraham Cheroben (BRN) 01:00:22
3 – Aron Kifle (ERI) 01:00:31
4 – Jemal Yimer (ETH) 01:00:33
5 – Getaneh Molla (ETH) 01:00:47

Feminino
1 – Netsanet Kebede (ETH) 01:06:11
2 – Joyciline Jepkosgei (KEN) 01:06:54
3 – Pauline Kamulu (KEN) 01:06:56
4 – Eunice Chumba (BRN) 01:07:17
5 – Zeineba Yimer (ETH) 01:08:07

___________________________________________________________________________________________________

20/03/2018
Maratona de Los Angeles/2018

Na dura prova de Los Angeles Weldon Kirui (KEN)venceu pela 2ª vez em 3 anos.

O queniano atacou nos últimos 3k e conseguiu abrir uma vantagem que foi suficiente para vencer com 02:11:47. Gebresadik Adihana com 02:11:57 foi o 2º colocado e Elisha Barno (KEN) que tentava defender seu título ficou com a 3º posição marcando 02:12:47.

O campeão levou para casa U$ 23.000, O vice U$ 11.250 e o 3º colocado U$ 9.000.

___________________________________________________________________________________________________

19/03/2018
Seoul Marathon/2018

Na 2º Maratona mais velha do mundo (atrás apena de Boston), Wilson Loyanae (KEN) alcançou sua quarta vitória na Coréia enquanto que no feminino a etíope Dante Hiru venceu com 02:24:08 e as quenianas Margaret Agai (22 segundos atrás) e Monica Jepkoech  (23 segundos atrás), foram respectivamente 2ª e 3ª colocadas.

Loyanae venceu, entretanto, não confirmou as expectativas que apontavam para a quebra do seu próprio recorde no percurso, alcançado em 2016 (02:05:13).

Um grupo de 9 atletas atingiram os 21k na liderança, e nesse momento o etíope Deribe Robi e o queniano Paul Kipkorir atacaram. Na passagem dos 30k a vantagem da fuga era de 18″, porém, uma pouco mais a frente eles cederam e foram alcançados por Loyanae, Korir, Barson Kipruto, Kimutai e Kipchirchir.

Faltando 5kms para o fim Loyanae abriu uma pequena vantagem e a segurou até o fim, vencendo a prova com 02:06:57. Korir foi o 2º com 02:07:03 e Kipruto 3º com 02:07:11.

___________________________________________________________________________________________________

18/03/2018
Maratona de Taipei/Taiwan 2018

Tivemos uma quebra de recorde em Taiwan, Yuki Kawauchi (JAP) marcou 02:14:12 no percurso conhecido por muito sobe e desce.

Kawauchi correu na frente desde o inicio da prova e na passagem da Meia já tinha mais de 2 minutos de vantagem para o queniano Johnstone Mayo.

Por volta do quilômetro 30,  Mayo e o etíope Aredom Degefa partiram para caça em busca do japonês e com o passar dos kms a distância diminuía. Mas na base da raça Kawauchi saiu vitorioso, com Mayo em 2º (02:12:40) e Degefa fechando o pódio com 02:14:54.

___________________________________________________________________________________________________

13/03/2018
Lisboa Half Marathon/2018

Em Lisboa um field com grandes nomes no masculino, Erick Kiptanui (KEN), Yohanes Gebregergish (ERI), Morris  Gachaga (KEN), Atsedu Tsegay (ETH), Zersenay Tadese (ERI), James Wangari (KEN),  Kipkemoi Kiprono (KEN) e Edwin  Koech (KEN) estavam entre os principais.

Foi na mesma Lisboa que Zersenay Tadese alcançou o WR da Meia com 58:23, um tempo que parece difícil de ser quebrado pelos grandes nomes da atualidade nessa distância. E o eritreu estava na prova em busca da sua 4ª vitória em Portugal.

Os expectadores e amantes das corridas de rua esperavam por um sub-60, mas infelizmente ele não veio. Por outro lado a prova foi bem pegada do começo ao fim e 12 atletas correram os 21k na cada dos 60 minutos.

O vencedor foi o queniano Erick Kiptanui com 60:05. Logo atrás veio Yohanes Gebregergish (ERI) com 60:16 e colado nele Morris Gachaga com 60:17 fechou o pódio.

Zersenay Tadese enfim voltou a correr bem, terminando em 6º com 60:29.

RESULTADOS

1 – Erick Kiptanui (KEN) 1:00:05
2 – Yohanes Gebregergish (ERI) 1:00:16
3 – Morris Gachaga (KEN) 1:00:17
4 – Nicholas Kosimbei (KEN) 1:00:21
5 – Atsedu Tsegay (ETH) 1:00:28
6 – Zersenay Tadese (ERI) 1:00:29
7 – Alexander Mutiso (KEN) 1:00:31
8 – James Wangari (KEN) 1:00:49
9 – Noah Kipkemboi (KEN) 1:00:52
10 – Birhan Nebebew (ETH) 1:00:53
11 – Kipkemoi Kiprono (KEN) 1:00:56
12 – Edwin Kibet Koech (KEN) 1:00:57

___________________________________________________________________________________________________

10/03/2018
Michael Norman alcança WR nos 400m rasos Indoor

O americano quebrou o recorde mundial que pertencia ao seu compatriota Kerron Clement (44.57/2005), e superou a lenda Michael Johnson ao marcar 44.52.

O NCAA está acontecendo no Texas e a disputa foi nesse sábado. O nível da prova foi altíssimo e cinco atletas alcançaram marcas inferiores a que rendeu o OURO no Mundial Indoor em Birmingham/GBR para o campeão da distância.

___________________________________________________________________________________________________

03/03/2018
Highlights Mundial Indoor/2018

SALTO TRIPLO
As fichas dos brasileiros hoje estavam aí, Almir dos Santos. Líder da temporada e atleta mais regular nos últimos meses. No Start List adversários de peso como Will Claye e o português Nelson Évora, concorrentes diretos do brasileiro em busca do OURO.

Na 3° tentativa o português assumiu a liderança com um grande salto – 17.40m – na rodada seguinte Claye se isolou no topo com 17.43m e na 5° rodada foi a vez do brasileiro saltar 17.41m e assumir a 2° posição.
Na última rodada o americano foi o 1° a saltar e não conseguiu superar os 17.43, restou a ele secar Évora e Almir. O brasileiro queimou sua última tentativa e a essa altura no mínimo o bronze tava garantido, ele só tinha que esperar o português realizar sua última tentativa, e ele se quer alcançou os 17 metros.

(AP Photo/Matt Dunham) Britain Athletics Indoor Worlds

RESULTADOS
1 – W. Claye (USA) 17.43m WL
2 – A. dos Santos (BRA) 17.41m PB
3 – N. Évora (POR) 17.40m SB

1500m RASOS
Deu a lógica. Depois de uns 200m de trote, as atletas começaram a apertar e a 4 voltas do fim Dibaba assumiu a ponta trazendo Hassan no encalço. Um pouco depois a britânica Laura Muir atacou por fora saindo de 5° para o 3° lugar. Daí em diante parecia que essas 3 faziam uma prova a parte.

Dibaba permaneceu na frente para levar o OURO e Muir foi audaciosa atacando a holandesa no fim para ficar com a PRATA.

RESULTADOS
1 – G. Dibaba (ETH) 4:05.27
2 – L. Muir (GBR) 4:06.23
3 – S. Hassan (NED) 4:07.26

SALTO COM VARA
Tudo levava a vitória de Sidorova que fez apenas 4 saltos para alcançar os 4.85m. Depois que a americana e a grega erraram a mesma altura, pediram para que o sarrafo fosse elevado pra 4.90m. Morris acertou na 2° tentativa e Stefanidi parou nessa altura.
Sidorova só ultrapassou na 3° tentativa os 4.90m e ficou pressionada, errando os 3 saltos para 4.95m enquanto que Morris conseguiu ultrapassar na 3° e derradeira tentativa conquistando o OURO.

RESULTADOS
1 – S. Morris (USA) 4.95m 
2 – A. Sidorova (ANA)* 4.90m
3 – K. Stefanidi (GRE) 4.85m

60m RASOS
Sem novidades. Chris Coleman levou com 6.37 CR. O chinês Bingtian Su ficou com a prata e Ronnie Baker com o bronze. Olho no chinês e Coleman para as próximas competições mais rápidas do mundo.

RESULTADOS
1 – C. Coleman (USA) 6.37 CR
2 – B. Su (CHI) 6.42
3 – R. Baker (USA) 6.44

___________________________________________________________________________________________________

25/02/2018
Yuta Shitara, o japonês voador

Ataque de Yuta Shitara na Maratona de Tóquio/2018.
Do 7º para o 2º lugar em 3 quilômetros.

Quebrou o Recorde Japonês que durava 15 anos.
Agora ele têm os NR da Meia (60:17) e Maratona (02:06:11).


Yuta Shitara você não existeeeeeeeeeeee!!!

___________________________________________________________________________________________________

24/02/2018
Cinco motivos para você comprar um FILA

Tem vídeo novo no canal!!!

Quantos você tem pagado nos seus pares de tênis?
Eu por exemplo acho um absurdo pagar R$ 1000,00 em um único par, independente da marca. Lá no canal a gente lista 5 Motivos para você comprar um tênis de qualidade por um preço justo.

Não se esqueçam de dar uma moral pra gente:
Se inscreva no canal.

Se você gostar do nosso conteúdo.
Curti, comenta e compartilha!

___________________________________________________________________________________________________

20/02/2018
Mundial Indoor Birmingham/2018

Birmingham/GBR

No próximo dia 01/03 – 04/03 ocorre o Campeonato Mundial Indoor e as competições prévias vêm demonstrando que teremos um campeonato de altíssimo nível.

Alguns nomes iniciaram a temporada apresentando excelente forma, Lavillenie (FRA) e Thiago Braz (BRA) no salto com vara, Genzebe Dibaba (ETH) nos 1500m e 3000m, Coleman (USA) que bateu o WR dos 60m, Barshim (QAT) que já saltou 2.38m e Laura Muir (GBR) são alguns deles.

Calendário

DIA 1
Finais do Salto em Altura Masculino e Feminino e 3.000m Feminino.

DIA 2
Finais Salto em Distância, 400m Masculino, Peso e 60m Feminino (Sessão Noturna).

Dia 3
Finais Salto Triplo e Peso Masculino (Sessão Diurna).
Finais Salto com Vara, 60m c/ obstáculos, 400m e 1500m Feminino, Salto Triplo, 60m e 400m Masculino (Sessão Noturna).

Dia 4
Finais Salto em Altura, 1500m, 3000m, 60m c/ obstáculos e 4x400m Masculino, Salto em Distância, 800m, 4x400m Feminino (Sessão Única/Diurna).

___________________________________________________________________________________________________

11/02/2018
Meia Maratona de Barcelona/2018

Hoje mais cedo aconteceu a Meia de Barcelona, com quebra de recorde do percurso.

A prova começou com a temperatura na casa dos 4ºC, mas isso não impediu o ímpeto dos atletas que acompanharam o ritmo do pacer. Depois de uma passagem de 5k pra 14:23 com 7 homens à frente, o coelho acelerou o ritmo. Os splits seguintes marcaram 28:36 nos 10k e 42:47 nos 15km.

Ainda com 6 atletas na liderança, não demorou muito para o etíope Mule Wasihun atacar. E o movimento foi mortal, rapidamente ele abriu 300m para o suíço Julien Wanders e o ugandês Moses Kurong já que os outros três não responderam tão bem ao ataque do etíope.

Wasihun manteve o ritmo forte para fechar o split/5k  seguinte em 14:01 e logo em seguida se sagrar campeão com 59:44, novo recorde pessoal e do percurso.

O 2º colocado no meu ponto de vista foi o grande nome da prova. Julien Wanders de 21 anos que treina no Quênia a 4 anos fechou a prova com 60:09, além de atingir sua melhor marca, decretou novo recorde suíço. Resultado incrível já que o suíço tem apenas 28:02 nos 10k, o que de certo modo é uma marca alta para o tempo alcançado hoje.

No feminino a favorita Tejitu Daba (BRN) levou a melhor com 68:36 depois de um belo sprint no quilômetro final. A adversária foi a etíope Dibabe Kuma que chegou 1 segundo mais tarde.

CLASSIFICAÇÃO

Homens
1 – Mule Wasihun (ETH) 59:44
2 – Julien Wanders (SUI) 1:00:09
3 – Moses Kurong (UGA) 1:00:10
4 – Abdallah Mande (UGA) 1:00:18
5 – Leonard Langat (KEN) 1:00:20

Mulheres
1 – Tejitu Daba (BRN) 1:08:36
2 – Dibabe Kuma (ETH) 1:08:37
3 – Salome Nyirarukundo (RWA) 1:08:48
4 – Mimi Belete (BRN) 1:09:26
5 – Failuna Matanga (TAN) 1:09:36

___________________________________________________________________________________________________

09/02/2018
RAK Half Marathon/2018

Que prova meus amigos!!!

Feminino
Desde o início elas mostraram que era o dia de voar baixo.
Antes dos 10′ as favoritas foram a frente, Keitany, Chemutai, Jepkosgei e a intrusa KipkiruiNos 13k Jepkosgei ficou. Kipkirui resistiu até quando deu mas faltando 2/3k ficou um pouco.

Chemutai × Keitany
Com um belo trabalho de seus pacers, a disputa ficou para os últimos 200m e Fancy levou a melhor!

CLASSIFICAÇÃO
1 – Fancy Chemutai (KEN) 64:53 CR* PB*
2 – Mary Keitany (KEN) 64:55 PB*
3 – Caroline Kipkirui (KEN) 65:07 PB*
4 – Joan Chelimo (KEN) 65:37 PB*
5 – Joyciline Jepkosgei (KEN) 66:46

Chemutai e Keitany 3° e 4° melhor tempo do mundo de todos os tempos.

Masculino
Pensa num ritmo de 10k… Foi isso rsrs
Depois de passar os 5k pra 13:52, um grupo de 12 atletas fecharam os 10k em 27:48.
Na passagem dos 15k o grupo foi reduzido a 4 atletas (B. Karoki, J. Yimer, A. Kibet e J. Okombo) marcando 41:43 nos 15k. Nos últimos kms Karoki atacou e abriu uma pequena diferença e no km final fez muita força pra fechar a prova em 58:42 e se tornar o 4° homem mais rápido de todos os tempos na Meia.



CLASSIFICAÇÃO
1 – Bedan Karoki (KEN) 58:42 CR* PB*
2 – Jemal Yimer (ETH) 59:00 PB* Debut*
3 – Alex Kibet (KEN) 59:06 PB
4 – Jorum Okombo (KEN) 59:36
5 – Morris Gachaga (KEN) 59:36

CR – Recorde do Percurso
PB – Melhor Marca pessoal
Debut – Estreante

***Em breve post completo por aqui no blog “Corrida e Desempenho”.

___________________________________________________________________________________________________

72º Internacional Meia Maratona Marugame/JAP

Nesse domingo aconteceu a tradicional meia de Marugame no Japão e a prova trazia grandes nomes. O retorno do eritreu Zersenay Tadese (58:23 WR) na meia depois de um 60:31 em Istambul/2016 e um 8º Lugar na RIO/2016 e um 02:12:19 em Chicago/2017, o queniano Edward Waweru 46:44 nas 10 milhas e os japoneses Yuta Shitara dono do recorde nacional nos 21k (60:17) e Kenta Murayama (60:50). No feminino o field contava com as quenianas Edna Kiplagat e Betsy Saina e a americana Sara Hall.

Na disputa feminina Saina atacou ainda no 1/3 de prova e na passagem dos 10k (32:15) apenas a etíope Ftaw Zeray acompanhou e mais atrás se formou um grupo liderado por Hall. Zeray não aguentou o ritmo por muito tempo e quebrou. Betsy Saina correu para vitória com 69:17, Zeray ficou com um 3º lugar (70:31) já que foi ultrapassada pela japonesa Kaori Morita (70:10).

No masculino Murayama aproveitou o início da prova em descida para liderar os 1ºs kms e passar com 14:00 a marca dos 5k. Dez segundos atrás vinha um pelotão formado por uns 20 atletas.

Na passagem dos 7k para os 8k Shitara e o queniano Waweru se juntaram a Murayama. No retorno do percurso um forte vento atrapalhou os atletas, o 1º a ficar foi Murayama. Mais a frente o queniano conseguiu abrir vantagem sobre Shitara (por volta dos 13k) e passou a marca dos 15k (42:29) com previsão para SUB 60, porém na parte do final haviam as subidas e o vento incomodava bastante todos atletas. Edward Waweru acabou diminuindo o ritmo mas saiu vitorioso com 60:31 (PB) e logo atrás chegaram Shitara e Murayama com 61:13 e 61:42 respectivamente. Zersenay Tadese foi o 4º com 61:43 ao despachar nos último metros os atletas sobreviventes do grupo que ficou na fuga do queniano e japoneses.

Destaque

Gostaria de citar que 14 japoneses correram SUB 63. Sabe quantos brasileiros correram pra esse tempo em 2017? Nenhum. Isso mesmo!

Será que os brasileiros são piores que os japoneses? Por que não obtemos esses resultados?

Nossa genética é melhor que a deles e poderíamos ser melhores que eles, mas o abismo entre ambos nesse momento mora em duas palavrinhas, estrutura e apoio. No japão eles levam os atletas a sério como em outras áreas, isso é cultural. Lá não tem esses políticos vagabundos e alienados que temos por aqui comandando entidades e o país.

RESULTADOS

Homens
1. Edward Waweru (Kenya/NTN) – 1:00:31
2. Yuta Shitara (Japan/Honda) – 1:01:13
3. Kenta Murayama (Japan/Asahi Kasei) – 1:01:42
4. Zersenay Tadese (Eritrea) – 1:01:43
5. Bayelign Teshager (Ethiopia) – 1:01:43
6. Dominic Nyairo (Kenya/Yamanashi Gakuin Univ.) – 1:01:46
7. Joel Mwaura (Kenya/Kurosaki Harima) – 1:01:50
8. Wilson Kiprono Too (Kenya) – 1:01:53
9. Yohei Suzuki (Japan/Aisan Kogyo) – 1:01:53
10. Kei Katanishi (Japan/Komazawa Univ.) – 1:01:58
11. Keijiro Mogi (Japan/Asahi Kasei) – 1:02:27
12. Takashi Ichida (Japan/Asahi Kasei) – 1:02:27
13. Koki Takada (Japan/Sumitomo Denko) – 1:02:29
14. Christopher Hamer (Australia) – 1:02:29
15. Ken Nakayama (Japan/Chuo Univ.) – 1:02:30
16. Yuki Sato (Japan/Nissin Shokuhin) – 1:02:33
17. Daichi Kamino (Japan/Konica Minolta) – 1:02:35
18. Gen Hachisuka (Japan/Konica Minolta) – 1:02:39
19. Hidekazu Hijikata (Japan/Koku Gakuin Univ.) – 1:02:47
20. Atsumi Ashiwa (Japan/Honda) – 1:02:49
21. Shintaro Miwa (Japan/NTN) – 1:02:59
22. Dominic Kiptarus (Kenya) – 1:03:04
23. Natsuki Terada (Japan/JR Higashi Nihon) – 1:03:05
24. Hiroaki Sano (Japan/Honda) – 1:03:09
25. Bernard Kimani (Kenya/Yakult) – 1:03:09

Mulheres
1. Betsy Saina (Kenya) – 1:09:17
2. Kaori Morita (Japan/Panasonic) – 1:10:10
3. Ftaw Zeray (Ethiopia) – 1:10:31
4. Jessica Trengove (Australia) – 1:10:59
5. Do Yeon Kim (South Korea) – 1:11:00
6. Sara Hall (U.S.A.) – 1:11:25
7. Kayoko Fukushi (Japan/Wacoal) – 1:13:17
8. Yomogi Akasaka (Japan/Meijo Univ.) – 1:13:44
9. Kanako Takemoto (Daihatsu) – 1:13:51
10. Suk Jeong Lee (South Korea) – 1:13:52
11. Marie Imada (Japan/Iwatani Sangyo) – 1:13:54
12. Edna Kiplagat (Kenya) – 1:13:56
13. Kasumi Yoshia (Japan/Nitori) – 1:13:58
14. Kumiko Otani (Japan/Imabari Zosen) – 1:14:35
15. Nana Sato (Japan/Starts) – 1:15:01

___________________________________________________________________________________________________

START LIST MARATONA DE DUBAI

Finalmente a organização liberou a lista dos atletas que vão compor a elite da maratona no próximo dia 26/01 nos Emirados Árabes Unidos.

No masculino o field conta com 6 atletas sub – 02:07:00 e o grande destaque além de Tamirat Tola (ETH) é seu compatriota Endeshaw Negesse (ETH) com 2:04:52 que já venceu uma Major (Tóquio/2015), mas atualmente não está em boa forma. Acreditamos que o grande adversário de Tola será o jovem Mosinet Geremew (ETH) que foi o 3º colocado em (Berlim/2017).

Pelo lado feminino já havíamos apontado as principais concorrentes ao titulo no post Dubai Marathon 2018. Fato recorrente a cada ano, os etíopes sempre estão em grande número na prova. No feminino de 19 atletas, 16 são da Etiópia.

START LIST

Elite M

Tamirat Tola (ETH) 2:04:11
Endeshaw Negesse (ETH) 2:04:52
Sisay Lemma Kasaye (ETH) 2:05:16
Girmay Birhanu Gebru (ETH) 2:05:49
Mosinet Geremew (ETH) 2:06:12
Jacob Jarso (ETH) 2:06:17
Sisay Jisa Mekonnen (ETH) 2:06:27
Benson Kipruto (KEN) 2:07:21
Ronald Kipkoech Korir (KEN) 2:07:29
Asefa Mengistu (ETH) 2:08:41
Mekuant Ayenew Gebre (ETH) 2:09:00
Seifu Tura (ETH) 2:09:26
Joseph Kiprono Kiptum (KEN) 2:09:56
Herpasa Negasa (ETH) 2:10:17
Barselius Kipyego (KEN) 2:13:06
Yenew Alamirew (ETH) debut
Felix Kibitok (KEN) debut
Derara Desalegn Hurisa (ETH) debut
Leul Gebresilase Aleme (ETH) debut
Fikadu Haftu (ETH) debut
John Kipkoech (KEN) debut

Elite F

Aselefech Mergia (ETH) 2:19:31
Mare Dibaba (ETH) 2:19:52
Feyse Tadese (ETH) 2:20:27
Worknesh Degefa (ETH) 2:22:36
Roza Dereje Bekele (ETH) 2:22:43
Yebrqual Melese (ETH) 2:22:51
Sutume Asefa Kebede (ETH) 2:24:00
Azmera Abreha (ETH) 2:25:23
Gelete Burka (ETH) 2:26:03
He Yinli (CHN) 2:27:35
Netsanet Gudeta (ETH) 2:29:15
Anne-Mari Hyrylainen (FIN) 2:32:19
Yeshaneh Ababel (ETH) 2:33:10
Dera Dida Yami (ETH) debut
Muliye Dekebo Haylemariam (ETH) debut
Haftamnesh Tesfay Haylu (ETH) debut
Desi Jisa Mokonin (BRN) debut
Senbere Teferi (ETH) debut
Genet Yalew (ETH)

___________________________________________________________________________________________________

Resultados Mumbai/IND 2018

Os melhores venceram. Solomon Deksisa (ETH) e sua compatriota Amane Gobena (ETH) saíram vitoriosos da 15ª edição Tata Mumbai Marathon na Índia.

A prova na Ásia atraiu mais de 40.000 participantes somando todas as distâncias e as condições climáticas (como de costume) foi o maior vilão dos atletas.

O etíope Deksisa que tinha a melhor marca entre os atletas (02:06:22) esperava correr próximo ou melhor do seu PB, mas um trabalho ineficiente dos pacers e a temperatura alta não colaboraram. A vitória foi garantida por volta do km 35, quando ele atacou e deixou para trás Joshua Kipkorir (KEN) e Shumet Akalnaw (ETH) para correr pra vitória, fechando a prova em 2:09:34.

Gobena (ETH) acompanhou um ataque de Bornes Kitur (KEN) dos 21k ao 31k, diria que um ataque suicida, já que a partir daí Kitur não suportou o ritmo e deixou Gobena livre para vitória, ela fechou a prova em 2:25:49.

RESULTADOS

Homens
1 Solomon Deksisa (ETH) 2:09:34
2 Shumet Akalnaw (ETH) 2:10:00
3 Joshua Kipkorir (KEN) 2:10:30
4 Shumi Dechasa (BRN) 2:12:24
5 Aychew Bantie (ETH) 2:12:49

Mulheres
1 Amane Gobena (ETH) 2:25:49
2 Bornes Kitur (KEN) 2:28:48
3 Shuko Genemo (ETH) 2:29:41
4 Birke Debele (ETH) 2:29:45
5 Kuftu Tahir (ETH) 2:35:01

___________________________________________________________________________________________________

Mumbai Marathon

Esse fim de semana temos 2 grandes provas, as maratonas de Hong Kong e Mumbai.

A prova da Índia trás um dos melhores Start List dos últimos anos e um dos grandes responsáveis por isso é a premiação que mais uma vez subiu, esse ano o vencedor da maratona ganhará U$ 42.000,00 tanto no masculino quanto no feminino e o número final da premiação em dinheiro ultrapassa os U$ 400.000,00 dólares.

A grande preocupação dos atletas no domingo é com a temperatura que pode deixar a prova mais lenta, mas ainda assim os organizadores esperam a quebra de recorde para o percurso. A marca a ser batida é 02:08:35 de Gideon Kipketer na edição de 2016.

START LIST

Elite M
Solomon Deksisa (ETH) 2:06:22
Chele Dechasa (ETH) 2:06:33
Shumi Dechasa (BRN) 2:06:43
Abraham Girma (ETH) 2:06:48
Tebalu Zawude (ETH) 2:07:10
Evans Ruto (KEN) 2:07:49
Philip Kangogo (KEN) 2:08:16
Samuel Mwaniki (KEN) 2:08:56
Aychew Bantie (ETH) 2:09:40
Joshua Kipkorir (KEN) 2:09:50
Eliud Barngetuny (KEN) 2:10:23
Vincent Kipchumba (KEN) 2:10:32
Jeffrey Eggleston (USA) 2:10:52
Shumet Akalnaw (ETH) 2:13:18
Husen Muhammedamin (ETH) 2:14:19

Elite F
Amane Gobena (ETH) 2:21:51
Shuko Genemo (ETH) 2:24:31
Helalia Johannes (NAM) 2:26:09
Monika Stefanowicz (POL) 2:28:26
Kumeshi Sichala (ETH) 2:28:42
Afera Godfay (ETH) 2:28:46
Bornes Kitur (KEN) 2:29:01
Kuftu Tahir (ETH) 2:31:27
Tejitu Daba (BRN) 2:31:32
Rose Maru (KEN) 2:33:05
Birke Debele (ETH) 2:40:48

___________________________________________________________________________________________________

Houston Marathon e Half-Marathon

Hoje teve a Chevron Houston Marathon e como era de se prever tivemos uma prova bem forte na meia maratona.

No masculino o único forte candidato não africano cotado para vitória montrou o porquê de hoje ser um dos poucos brancos a brigar com os africanos. Jake Robertson (NZL) repetiu seu melhor tempo na distância e saiu vitorioso com 01:00:01, em 2º lugar veio Guye Adola (ETH) com 01:0015 e fechando o pódio Feyisa Lelila (ETH) marcou 01:0020.

Já do lado feminino a etíope Ruti Aga (ETH) levou a melhor fechando a prova em 01:06:39, em segundo Caroline Chepkoech (KEN) marcou 01:06:48 e logo atrás coladas com 01:06:50 Mary Wacera (KEN) e Buze Diriba (ETH). Destaque também para Molly Huddle que bateu o recorde americano que pertencia a Deena Kastor (01:07:34) ao finalizar em 01:07:25.

Em breve trazemos o post completo sobre tudo que aconteceu em Houston na Maratona e Meia Maratona no blog “Corrida e Desempenho“.

___________________________________________________________________________________________________

Ooredoo Doha Marathon e Half-Marathon

No próximo dia 12/01 (sexta) acontece a Ooredoo Doha Marathon. A prova que é a maior do Qatar, trás no seu Start List alguns atletas de ponta.

A meia maratona têm os principais nomes a começar pelo britânico Mo Farah e seu compatriota Chris Thompson e no feminino veremos em ação, Gemma Steel (GBR), a italiana Sara Dossena e a americana Allie Kieffer.

Start List Half Marathon

Elite M
Mo Farah (GBR)
Chris Thompson (GBR)
Abdi Abdirahman (USA)
Arne Gabius (GER)
Hendrik Pfeiffer (GER)
Bekir Karayel (TUR)
Ryan Vail (USA)
Scotty Bauhs (USA)
Ayad Lamdassem (ESP)
Daniele Meucci (ITA)
Michael Shelley (AUS)
Ivan Fernandez(ESP)

Elite F
Gemma Steel (GBR)
Sara Dossena (ITA)
Esma Aydemir (TUR)
Allie Kieffer (USA)
Emma Bates (USA)
Melina Wolf (GER)
Azucena DIAZ (ESP)
Monica SILVA (POR)

___________________________________________________________________________________________________

Houston Marathon e Half-Marathon

Nesse fim de semana será dada a largada para as competições de fundo na rua em 2018. Como já ocorre há alguns anos, Houston (EUA) será um dos palcos do início de temporada para os melhores atletas do mundo.

Esse ano a prova paga U$ 45.000 aos vencedores dos 42k e U$ 20.000 aos vencedores da meia, no masculino e feminino respectivamente.

A direção de prova acredita em uma prova bem forte, já que contará com o aumento da premiação em dinheiro e a participação de 10 ex-campeões da prova.

#RunHou #HouMarathon #HouHalf #Hou5k #WeAreHouston

___________________________________________________________________________________________________

Resultados da São Silvestre/2017

Que prova forte amigos!
O nível estava altíssimo e bem no início da corrida foi possível perceber que os brasileiros não conseguiriam acompanhar o ritmo dos africanos.

Difícil para os brasileiros competir com atletas internacionais que tem patrocínios e condições muito melhores para se preparar. Isso só prova o quanto esses vagabundos que estão no poder das entidades e do país são uns merdas (Desculpem o desabafo).

Deixo aqui meus parabéns aos atletas brasileiros que apesar das adversidades são verdadeiros guerreiros 

RESULTADOS

FEMININO 
1° Flomena Cheyech (KEN) – 50’18”
2° Sintayehu Hailemichael (ETH) – 50’55”
3° Birhane Dibaba (ETH) – 50’57”
4° Wude Ayalew (ETH) – 51’35”
5° Paiskalia Chepkorir (KEN) – 51’55”

Melhor brasileira
10° Joziane Cardoso (BRA) – 54’07”

MASCULINO
1° Dawitt Admasu (BAH) – 44’17”
2° Belay Bezabh (ETH) – 44’33”
3° Edwin Rotich (KEN) – 44”43″
4° Birhanu Balew (BAH) – 45’06”
5° Paul Lonyangata (KEN) – 45’28”

Melhor brasileiro
11° Ederson Vilela (BRA) – 46’59”

Parabéns a todos atletas amadores ou profissionais que participaram da prova!!!

PARCEIROS
Fila Brasil |TomTom Sports | HomeRefill | Fisionoesporte

#SaoSilvestre #SãoSilvestre2017 #CorraKoRuivo

___________________________________________________________________________________________________

Corrida de SÃO SILVESTRE/2017

Nesse domingo ocorre a prova mais tradicional do calendário brasileiro. A 93ª Corrida de São Silvestre vai invadir as ruas da cidade de São Paulo com mais de 30.000 corredores, boa parte deles amador.

A corrida é uma festa a parte e reuni atletas de todo país, além de atrair corredores de fora do Brasil. A disputa lá na frente promete ser acirrada com atletas de alto nível em busca do prêmio de R$ 90.000,00 no masculino e feminino.

Nós do CORRA KO RUIVO preparamos aquelas dicas para os amadores realizarem uma excelente prova.

 93° SÃO SILVESTRE 

DICAS:
 Se programe e chegue na prova com antecedência de umas 2 horas. Afinal são mais de 30 000 corredores;

 Seja educado e tenha bom senso durante a largada, é uma prova festiva para maioria dos corredores;

Respeite o seu ritmo no início da prova, até os 10k não é pra ser uma corrida sofrida, afinal são 15km;

Procure ingerir líquidos a cada 3k.
É importante manter a máquina funcionando, já viu o que acontece com um carro sem combustível? Ele para.;

Deixa para pensar em aumentar o ritmo só depois dos 8km, e que esse aumento seja progressivo;

No km 13 surge a Av. Brigadeiro. Ela pode se tornar um problema quando não se respeita o ritmo de corrida, chegar nesse ponto cansado será sinônimo de sofrimento, uma vez que você irá enfrentar o trecho mais duro da prova. A subida não é tão íngreme, mas é continua;

REFORÇANDO:
Controle bem o seu ritmo durante a prova e a tal da Brigadeiro será mais uma subida que você vai tirar de letra.
“O problema da São Silvestre não é a Avenida Brigadeiro, o problema é chegar nela quebrado”.

Nós do Corra KO Ruivo desejamos uma Boa Prova e um Próspero 2018 😄

___________________________________________________________________________________________________

25K de Calcutá/IN

Bekele buscava melhorar sua marca nos 25km e os adversários tentariam incomodá-lo, eis que nenhum dos dois ocorreu.

No masculino Bekele controlou a prova bem sem sofrer ameaças e quanto apertou o passo no km 18, ninguém conseguiu o acompanhar e o etíope correu para vencer com 01:13:48.

No feminino a disputa foi bem acirrada com 4 atletas disputando a liderança até os últimos quilômetros, apenas 10 segundos separam as 3ª primeiras colocadas. A etíope Degitu Azimeraw sagrou se campeã.

Correndo em casa os indianos se saíram muito bem. Avinash Sable marcou 01:15:17 e estabeleceu novo recorde indiano, enquanto Loganathan Suriya também obteve o recorde local com 01:26:53.

Resultados

Men
1 Kenenisa Bekele (ETH) 1:13:48
2 Tsegay Tuemay (ERI) 1:14:26
3 Augustino Sule (TAN) 1:14:41
4 Avinash Sable (IND) 1:15:17
5 Asefa Diro (ETH) 1:15:37

Women
1 Degitu Azimeraw (ETH) 1:26:01
2 Helah Kiprop (KEN) 1:26:04
3 Failuna Matanga (TAN) 1:26:11
4 Dibabe Kuma (ETH) 1:26:28
5 Loganathan Suriya (IND) 1:26:53

___________________________________________________________________________________________________

 

51ª Corrida Sargento Gonzaguinha

Ontem aconteceu uma das provas mais tradicionais do calendário de corridas de rua brasileiro, a tradicionalíssima Sargento Gonzaguinha.

A prova que acontece na Zona Norte da Cidade de São Paulo tomou as ruas numa manhã quente em SP, milhares de corredores tomaram o espaço dos carros em ruas como Av. Cruzeiro do Sul e Marginal Tietê.

No masculino a prova teve como vencedor geral Leandro Prates Oliveira com 46’36” e no feminino Cristiane Alves Silva saiu vitoriosa com 56’09”.

RESULTADOS GERAIS

___________________________________________________________________________________________________

MOEN ESTABELECE NOVO RECORDE EUROPEU EM FUKUOKA

Nesse domingo os olhos estavam voltados para o queniano Bedan Karoki, grande favorito a vencer a tradicional maratona japonesa, mas esqueceram de combinar isso com um norueguês.

Sondre Nordstad Moen (NOR), que já havia obtido um belo resultado na meia de Valência esse ano com 59’48” surpreendeu muita gente, inclusive ele, ao marcar 02:05:48 e vencer no Japão.

A prova teve um ritmo intenso desde o inicio com a ajuda dos coelhos que corriam a 3’00” e levaram esse pace até a marca dos 30k (era o previsto), quando saíram de cena 5 atletas buscavam a vitória, Moen, Stephen Kiprotich (UGA), Suguru Osako (JAP), Bedan Karoki (KEN)  e Amanuel Mesel (ERI). Karoki foi o primeiro a atacar e trouxe junto Moen enquanto os demais ficaram um pouco atrás.

No quilômetro 36k veio a surpresa, Moen atacou e Karoki não conseguiu acompanhar e rapidamente a distância entre os dois foi aumentando. Segundo Moen, no km 40 ele percebeu que poderia bater a marca do turco Kaan Ozbilen de 02:06:10 e correu para se tornar o primeiro europeu a quebrar a barreira das 02:06:00.

Após a prova o atleta disse o seguinte: “Acho que os noruegueses não fazem noção de quão espetacular é essa marca”.

Obrigado Moen e Osako por nos provar que o atletas brancos podem fazer frente aos africanos, assim como Marílson e Hall já fez a alguns anos atrás!

Resultados Men

1 – Sondre Nordstad Moen (NOR) 2:05:48
2 – Stephen Kiprotich (UGA) 2:07:10
3 – Suguru Osako (JPN) 2:07:19
4 – Bedan Karoki (KEN) 2:08:44
5 – Ammanuel Mesel (ERI) 2:09:22
6 – Daisuke Uekado (JPN) 2:09:27
7 – Yoshiki Takenouchi (JPN) 2:10:01
8 – Michael Githae (KEN) 2:10:46
9 – Yuki Kawauchi (JPN) 2:10:53
10 – Takuya Fukatsu (JPN) 2:12:04

___________________________________________________________________________________________________

RESULTADO 19º VOLTA INTERNACIONAL DA PAMPULHA

Masculino
1-Giovani dos Santos (BRA), 52:55
2-Gilmar Lopes (BRA), 53:15
3-Maxwell Rotich (UGA), 53:34
4-Wellington da Silva (BRA), 53:45
5-Gilberto Lopes (BRA), 54:08

Feminino
1-Leah Jerotich (QUE), 1:02:46
2-Sharon Chilimo (QUE), 1:04:02
3-Joziane Cardoso (BRA), 1:04:38
4-Valdirene Silva (BRA), 1:04:59
5-Mirela Andrade (BRA), 1:05:10

___________________________________________________________________________________________________

NYC MARATHON 2017/RESULTADOS

MEN

Place Bib Name Time Country Citizenship
1 5 Geoffrey Kamworor 2:10:53 Kenya KEN
2 4 Wilson Kipsang 2:10:56 Kenya KEN
3 7 Lelisa Desisa 2:11:32 Ethiopia ETH
4 6 Lemi Berhanu 2:11:52 Ethiopia ETH
5 10 Tadesse Abraham 2:12:01 Switzerland SUI
6 14 Michel Butter 2:12:39 Netherlands NED
7 3 Abdi Abdirahman 2:12:48 United States USA
8 16 Koen Naert 2:13:21 Belgium BEL
9 442 Fikadu Girma Teferi 2:13:58 United States ETH
10 12 Shadrack Biwott 2:14:57 United States USA
11 11 Meb Keflezighi 2:15:29 United States USA
12 9 Jared Ward 2:18:39 United States USA
13 441 Senbeto Geneti Guteta 2:20:29 United States ETH
14 443 Birhanu Dare Kemal 2:21:30 United States ETH
15 18 Brendan Martin 2:22:36 United States USA
16 21 Harbert Okuti 2:22:46 United States UGA
17 19568 John Metui 2:23:40 United States KEN
18 549 Girma Segni 2:23:51 United States ETH
19 20 Francesco Puppi 2:25:35 Italy ITA
20 1025 Peter Le Grice 2:27:11 United Kingdom GBR

 

WOMEN

Place Bib Name Time Country Citizenship
1 108 Shalane Flanagan 2:26:53 United States USA
2 101 Mary Keitany 2:27:54 Kenya KEN
3 105 Mamitu Daska 2:28:08 United States ETH
4 102 Edna Kiplagat 2:29:36 Kenya KEN
5 126 Allie Kieffer 2:29:39 United States USA
6 120 Sara Dossena 2:29:39 Italy ITA
7 117 Eva Vrabcova 2:29:41 Czech Republic CZE
8 114 Kellyn Taylor 2:29:56 United States USA
9 106 Diane Nukuri 2:31:21 United States BDI
10 116 Stephanie Bruce 2:31:44 United States USA
11 109 Buzunesh Deba 2:32:01 United States ETH
12 111 Christelle Daunay 2:32:09 France FRA
13 115 Aliphine Tuliamuk 2:33:18 United States USA
14 132 Emma Quaglia 2:34:10 Italy ITA
15 119 Serkalem Biset Abrha 2:34:23 United States ETH
16 123 Askale Merachi 2:36:38 United States ETH
17 118 Adriana Aparecida Da Silva 2:37:22 Brazil BRA
18 110 Jessica Augusto 2:37:33 Portugal POR
19 131 Belaynesh Fikadu 2:39:01 United States USA

___________________________________________________________________________________________________

 

Treinão Corra KO Ruivo Solidário ONG Presente de Alegria

 

Chegou nosso último treino do ano 💪
Ele será mais do que especial pela representatividade e uma ação que decidimos abraçar ❤

Quem lembra da ONG Presente de Alegria?

A ONG leva através da alegria tratamentos humanitários com as técnicas desenvolvidas pelo Dr. Patch Adams. Métodos que revolucionaran a medicina e o mundo, mostrando a importância de se cuidar com alegria. O trabalho é realizado em lares carentes infantis e de idosos, casas de crianças especiais, com câncer e soro positivas bem como em hospitais.

Eles estão com dois projetos novos:

1 – Reforma da sede que acabaram de conseguir que já ajuda comunidades carentes;

2 – Projeto de Alfabetização recem lançado também para comunidades carentes.

Convosco todos a levarem um ou mais itens no nosso último treino de 2017.

ITENS
_ Arroz
_ Feijão
_ Leite em Pó
_ Caderno
_ Lápis
_ Borracha

O Corrakoruivo e a ONG Presente da Alegria tem um presente especial para os 25 primeiros que se inscreverem e posteriormente realizarem a doação.
Uma camiseta exclusivissima nossa em parceria com o Presente de e Alegria. *Sujeito a disponibilidade de tamanho!

O link para incrições sera postado amanhã aqui no evento (fiquem ligados).

Pra quem não sabe como funciona nosso treinão.
Lá vai!
– O treino é direcionado a todos;
– Quem corre muito ou pouco;
– O lugar é lindo – estradão, mato, ar puro;
– O Percurso é um bate volta;
– Você pode fazer de 10k a 18k, desde que não ultrapasse 01h40 de treino, para não perder o café;
– Contamos com apoio de carro para hidratação;
– Temos os fotógrafos para eternizar cada momento do treinão;
– No final rola um super banquete, com muitas delícias da mamãe;
– Para cobrir a despesa com a hidratação, carro de apoio, e o super café, pedimos a colaboração de R$ 15,00 a ser entregue no dia do treino.

ESPERO VOCÊS e as doações!!!

Inscrições

___________________________________________________________________________________________________

CHICAGO MARATHON 2017/RESULTADOS

MEN
Pos. Name Age Overall Pace Difference Time
1 Rupp, Galen (USA) 31 04:56 +00:00 02:09:20
2 Kirui, Abel (KEN) 35 04:57 +00:28 02:09:48
3 Kipyego, Bernard (KEN) 31 04:59 +01:03 02:10:23
4 Lemma, Sisay (ETH) 26 05:00 +01:41 02:11:01
5 Sambu, Stephen (KEN) 29 05:00 +01:47 02:11:07
6 Matsumura , Kohei (JPN) 30 05:02 +02:26 02:11:46
7 Chebii, Ezekiel (KEN) 26 05:03 +02:52 02:12:12
8 Tadese, Zersenay (ERI) 35 05:03 +02:59 02:12:19
9 Derrick, Chris (USA) 26 05:04 +03:30 02:12:50
10 Shelley, Michael (AUS) 33 05:04 +03:32 02:12:52

WOMEN

.  Pos. Name Age Overall Pace Difference  Time
1 Dibaba, Tirunesh (ETH) 32 05:17 +00:00 02:18:31
2 Kosgei, Brigid (KEN) 23 05:22 +01:51 02:20:22
3 Hasay, Jordan (USA) 26 05:23 +02:26 02:20:57
4 Perez, Madai (MEX) 37 05:32 +06:13 02:24:44
5 Kipketer, Valentine (KEN) 24 05:39 +09:34 02:28:05
6 Weightman, Lisa (AUS) 38 05:41 +10:14 02:28:45
7 Krifchin, Maegan (USA) 29 05:52 +15:15 02:33:46
8 Gray, Alia (USA) 28 05:54 +15:54 02:34:25
9 Ward, Taylor (USA) 27 05:56 +16:56 02:35:27
10 Wade, Becky (USA) 28 05:57 +17:15 02:35:46
___________________________________________________________________________________________________

 

BERLIN MARATHON 2017/RESULTADOS

Masculino (ELITE)

Pos. number Name ac club Diff Time
1 2 Kipchoge, Eliud (KEN) M30 Kenia +00:00 02:03:32
2 45 Adola, Guye (ETH) MH +00:14 02:03:46
3 10 Geremew, Mosinet (ETH) MH Äthiopien +02:37 02:06:09
4 5 Kandie, Felix (KEN) M30 Kenia +02:41 02:06:13
5 52 Kipruto, Vincent (KEN) M30 Kenia +02:42 02:06:14
6 9 Shitara, Yuta (JPN) MH Japan +05:31 02:09:03
7 7 Sano, Hiroaki (JPN) MH Japan +07:52 02:11:24
8 14 Vail, Ryan (USA) M30 USA +09:08 02:12:40
9 22 Adams, Liam (AUS) M30 adidas Australia +09:20 02:12:52
10 34 Mellor, Jonathan (GBR) M30 +09:25 02:12:57

 

Feminino (ELITE)

Pos. number Name ac club Diff Time
1 F2 Cherono, Gladys (KEN) W30 Kenia +00:00 02:20:23
2 F7 Aga, Ruti (ETH) WH Äthiopien +00:18 02:20:41
3 F4 Aiyabei, Valary (KEN) WH Kenia +00:30 02:20:53
4 F8 Tola, Helen (ETH) WH Äthiopien +02:28 02:22:51
5 F10 Hahner, Anna (GER) WH +08:09 02:28:32
6 F14 Bertone, Catherine (ITA) W45 Italien +08:11 02:28:34
7 F12 Samuels, Sonia (GBR) W35 Großbritanien +09:11 02:29:34
8 F16 Diaz, Azucena (ESP) W35 Spanien +10:08 02:30:31
9 F13 Ribeiro, Catarina (POR) WH Portugal +12:50 02:33:13
10 F19 Dillen, Kim (NED) W30 Eindhoven Atletiek +13:01 02:33:24
___________________________________________________________________________________________________

 

BERLIN MARATHON 2017

As últimas declarações dos favoritos.

“I have not yet had enough. I want to go down in history as one of the runners to break the marathon world record twice. The last time that happened was nine years ago by Haile Gebrselassie.”

“Now I want the world record. Wilson is a politician. They are good at speaking. He even ran for a seat in the Kenyan parliament, but was not elected. We will see what happens on September 24th. I won’t decide until the last moment how fast I will start out. But I can say this: I want the world record.” (Respondendo Kipsang)

 

“I think I am ready. “I hope to achieve a personal best of under 2:03:00. I have heard that Eliud wants to run under 2:02. We will see”.

Façam suas apostas!!!

___________________________________________________________________________________________________

 

CORRIDA E.C. PINHEIROS 118 ANOS

No último fim de semana ocorreu mais uma edição da prova do clube. Caracterizada pelo percurso plano e boa premiação aos atletas de elite, a disputa foi bem acirrada e de certa formada dominada pelos atletas do clube que contou com o maior número de representantes no pódio.

A prova foi organizada pela Epic Sports. Num todo a prova foi muito bem organizada e o único ponto negativo foi a aferição dos 10km que teve 200m a mais, se não fosse esse detalhe os tempos oficias teriam sido ainda menores.

Classificação ELITE Feminina 10K

1 58 VALDILENE DOS SANTOS SILVA F 26 ELITE 1 00:35:31 00:03:33 ECP
2 56 ANDREIA APARECIDA HESSEL F 33 ELITE 2 00:35:52 00:03:35 ESPORTE CLUBE PINHEIROS
3 59 ADRIANA APARECIDA DA SILVA F 36 ELITE 3 00:35:57 00:03:36 ECP
4 60 TATIANA DE SOUZA ARAUJO F 26 ELITE 4 00:36:29 00:03:39 ECP
5 23 FAITH CHEBET NGETICH F 22 ELITE 5 00:36:53 00:03:41 LUASA SPORTS

Classificação ELITE Masculino 10K

1 21 KIPROP MUTAI M 30 1 00:30:14 00:03:01 LUASA SPORTS
2 10 GLADSON ALBERTO M 38 2 00:30:25 00:03:03 ESPORTE CLUBE PINHEIROS
3 12 RAFAEL SANTOS DE NOVAIS M 32 3 00:30:39 00:03:04 ECP
4 5 SAMUEL SOUZA DO NASCIMENTO M 29 4 00:30:51 00:03:05 ORCAMPIUNIMED
5 6 MARCOS VINICIUS COELHO FERREIRA M 26 5 00:30:56 00:03:06 BMB M CENTER

 

GERAL MASCULINO 10K

1 – Jonatas Roger 35:23

2 – Antonio Fernandes Arruda 35:26

3 – Marcelo Apovian 36:21

GERAL FEMININO 10K

1 – Marina Rovery Oliveira 41:44

2 – Carol Peters 43:17

3 – Fernanda Braga Pereira 44:01

___________________________________________________________________________________________________

 

SIMPLYHEALTH  GREAT NORTH RUN NEWCASTLE/ING

Mo Farah e Mary Keitany roubaram a cena na tradicional prova britânica (21k) que acontece em Newcastle/ING.

No masculino M. Farah se tornou o 1º a vencer a prova 4 vezes seguida. Ele contava com adversários de peso como: Feyisa Lilesa, Bernard Lagat e os irmãos Zane e Jake Robertson.

Os atletas passaram os 10k para 29:19, a partir dos 15k (43:19) M. Farah e Jake Robertson começaram a travar um duelo pela liderança. Jake tentos escapar nos últimos 4km, mas Farah ficou na cola mesmo demonstrando bastante sofrimento e nos metros finais arrancou com o sprint habitual para a vitória.

Foto: IAAF.

 

 

 

 

 

 

 

 

Classificação M

Name BIB Club Pos Finish Time Gun/Chip
MO FARAH 1 1 01:00:06 Gun Time
JAKE ROBERTSON 6 2 01:00:12 Gun Time
FEYISA LILESA 50 3 01:01:32 Gun Time
ZANE ROBERTSON 4 4 01:01:42 Gun Time
HIROYUKI YAMAMOTO 7 5 01:02:03 Gun Time
DATHAN RITZENHEIN 2 6 01:02:49 Gun Time

No feminino Keitany venceu com certo conforto, ela marcou 01:05:59 e chegou quase 2min a frente de V. Cheruiyot. A queniana encontra-se em grande forma esse ano, vale lembrar que ela bateu o recorde mundial da maratona (Largada Feminina) em Londres esse ano com 02:17:01.

Foto: IAAF.

 

 

 

 

 

 

 

 

Classificação W

Name BIB Club Pos Finish Time Gun/Chip
MARY KEITANY 202 1 01:05:59 Gun Time
VIVIAN CHERUIYOT 201 2 01:07:44 Gun Time
CAROLINE CHEPKOECH KIPKIRUI 206 3 01:09:52 Gun Time
MAGDALYNE MASAI 208 4 01:10:39 Gun Time
BETSY SAINA 204 5 01:11:25 Gun Time

___________________________________________________________________________________________________

 

GRAND PRIX PRAGA 2017 (10K)

A prova realizada na República Checa, classificada como nível GOLD da IAAF foi palco da queda do recorde mundial feminino nos 10k (Rua), Joyciline Jepkosgei (KEN) quebrou a barreira dos 30:00 ao marcar 29:43, a atleta possui 4 recordes na rua, 10k, 15k, 20k e a meia. Todos os recordes foram atingidos esse ano.

Foto: IAAF.

 

 

 

 

 

 

 

 

Classificação W
1. Joyciline Jepkosgei, KEN 29:43
2. Fancy Chemutai, KEN 30:06
3. Violah Jepchumba, BRN 30:25
4. Sheila Chepkirui Kiprotich, KEN 30:28
5. Stacy Chepkemboi Ndiwa, KEN 31:37
6. Belaynesh Tsegaye, ETH 32:52
7. Eva Vrabcová-Nývltová, CZE 33:08
8. Iulia Shmatenko, UKR 33:18
9. Olga Skrypak, UKR 34:01
10. Kayoko Fukushi, JPN 34:44

Classificação M
1. Benard Kimeli, KEN 27:10
2. Methew Kipkorir Kimeli, KEN 27:11
3. Rhonex Kipruto, KEN 27:13
4. Justus Kangogo, KEN 27:51
5. Amos Kibiwot Kurgat, KEN 27:53
6. Jamal Yimer Mekonnen, ETH 27:54
7. Sondre Nordstad Moen, NOR 27:55
8. Isaac Kipkoech Langat, KEN 27:55
9. Robert Kipchichir Mwei, KEN 28:05
10. Abel Kipchumba, KEN 28:06
______________________________________________________________________________

 

DESAFIO 28 PRAIAS II ETAPA/2017

No próximo dia 30/09 ocorre mais uma etapa do Desafio 28 Praias. Dessa vez a prova contará com um percurso inédito na Costa Norte.

São 42km que podem ser feitos, solo, dupla, trio, quarteto ou quinteto nas categorias masculino, feminina ou mista.

Só pra vocês sentirem um pouquinho do que vai ser a prova, trazemos o vídeo oficial:

E aí curtiu?

O Corra KO Ruivo tem aquele desconto e agiliza a estadia, só chama noix.
Em breve trazemos mais informações!

__________________________________________________________________________________________________

 

27º Dez Milhas GAROTO

A prova já é tradicional no calendário brasileiro e sempre conta com grandes nomes da elite. No masculino, o etíope Belete Tola foi o mais rápido e no feminino de novo ela, Esther Kakuri que venceu a Meia Internacional do RJ mostrou mais uma vez que está em excelente forma e saiu vitoriosa. O curioso foi que  as 3 primeiras colocações no feminino foi idêntica a da Meia do Rio.

O destaque no masculino foi o duelo entre Gilmar e Wellington (Cipó), que ficaram respectivamente em 2º e 3º e o atleta Altobeli Santos fechou o pódio pela ala brasileira.

Resultado ELITE

Masculino

1 – Belete Adere Tola (Etiópia) – 48min14s
2 – Gilmar Silvestre Lopes (Brasil) – 48min35s
3 – Wellinton Bezerra da Silva (Brasil) – 48min43s
4 – Demiso Legese Gudeta (Etiópia) – 49min18s
5 – Altobeli Santos da Silva (Brasil) – 49min24s

Feminino

1 – Esther Chesang Kakuri (Quênia) – 57min40s
2 – Martha Akeno (Quênia) – 57min48s
3 – Joziane da Silva Cardoso (Brasil) – 58min31s
4 – Tatiele Roberta de Carvalho (Brasil) – 58min51s
5 – Mirela Saturnino de Andrade (Brasil) – 59min36s

__________________________________________________________________________________________________

 

Maratona Internacional de Florianópolis 2017

A prova reuniu por volta de 6.000 corredores. Atletas de 10 países diferentes e todosos estados brasileiros estavam representados.

Durante toda prova os termômetros marcaram em torno de 20ºC e ventava muito quase que em todo percurso. Moradores foram as ruas para incentivar e prestigiar os atletas. No masculino a vitória ficou com Alessandro dos Santos e no Feminino Claudia Rodrigues levou a melhor.

A prova como um todo foi muito bem organizada e na sua 1º edição já se tornou uma das maiores de Santa Catarina.

Resultados – Maratona Internacional de Floripa

Maratona – Masculino:

1º Alessandro dos Santos – 2h34m16s
2º José Luiz da Silva – 2h34m37
3º Leandro de Souza – 2h37m02s
4º Jonatas Freitas – 2h38m13s
5º Dejair Mazaia – 2h42m13s

 

 

 

 

 

 

 

Maratona – Feminino:

1ª Ana Claudia Rodrigues – 2h57m22s
2ª Marjorie Barcelos – 3h03m26s
3ª Nair da Rosa – 3h11m36s
4ª Denise Ramirez – 3h17m20s
5ª Girlene Jesus – 3h18m46s

Resultado Geral

__________________________________________________________________________________________________

 

Meia Maratona Internacional RJ 2017

José Márcio Leão e a queniana Esther Kakuri se sagraram campeão da 21º Meia Maratona do Rio de Janeiro.

A prova teve um clima ameno na manhã deste domingo e contou com atletas de 26 países. A disputa foi bem acirrada entre os homens, o tempo entre o 1º e o 4º colocado foi de apenas 11 segundos.

No feminino, quenianas não deram chances para as brasileiras e a estreante Esther teve ao seu lado em boa parte do percurso a compatriota Martha Akeno que ficou com o vice e as brasileiras completaram o pódio.

Resultados 2017
Masculino

1) José Márcio Leão da Silva (BRA) 1h04min18seg
2) Demiso Legese Gudeta (ETH) 1h04min18se
3) Damião Ancelmo de Souza (BRA) 1h04min22seg
4) Belete Adere Tola (ETH) 1h04min29seg
5) Gladson Alberto da Silva Barbosa (BRA) 1h05min21seg

Feminino

1) Esther Chesang Kakuri (QUE) 1h14min44seg
2) Martha Akeno (QUE) 1h15min01seg
3) Joziane da Silva Cardoso (BRA)1h16min36seg
4) Adriana Aparecida da Silva (BRA) 1h17min10seg
5) Andreia Aparecida Hessel (BRA) 1h17min34seg

Resultado Geral

__________________________________________________________________________________________________

 

Mundial de Atletismo Londres/2017 DAY 7

Na classificatória do 5.000m rasos W a briga promete ser quente com o avanço das favoritas a final. Hellen Obiri, Almaz Ayana e Senbere Teferi prometem travar um dos duelos mais quentes dos últimos tempos na distância.

ORDER / LANE BIB ATHLETE COUNTRY SB 2017 PB
1 4081 Sheila Chepkirui KIPROTICH KENKEN 14:57.58 14:57.58
2 3703 Kalkidan GEZAHEGNE BRNBRN 15:07.19 15:07.19
3 4343 Molly HUDDLE USAUSA 15:01.64i 14:42.64
4 3845 Letesenbet GIDEY ETHETH 14:33.32 14:33.32
5 3898 Eilish MCCOLGAN GBRGBR 15:00.38 15:00.38
6 4080 Margaret Chelimo KIPKEMBOI KENKEN 14:43.89 14:43.89
7 4127 Sifan HASSAN NEDNED 14:41.24 14:41.24
8 4086 Hellen Onsando OBIRI KENKEN 14:18.37 14:18.37
9 3900 Laura MUIR GBRGBR 14:49.12i 14:49.12i
10 4153 Karoline Bjerkeli GRØVDAL NORNOR 15:00.44 14:57.53
11 4366 Shannon ROWBURY USAUSA 14:57.55 14:38.92
12 3849 Senbere TEFERI ETHETH 14:31.76 14:29.82
13 4342 Shelby HOULIHAN USAUSA 15:00.37 15:00.37
14 4130 Susan KRUMINS NEDNED 14:53.35 14:53.35
15 3839 Almaz AYANA ETHETH 14:57.06 14:12.59

No Salto Triplo teve domínio americano. Eles levaram Ouro e Prata!

POS BIB ATHLETE COUNTRY MARK WIND DETAIL
1 1441 Christian TAYLOR USAUSA 17.68 +0.2
2 1384 Will CLAYE USAUSA 17.63 -0.1
3 1258 Nelson ÉVORA PORPOR 17.19 -0.1
4 817 Cristian NÁPOLES CUBCUB 17.16 -0.1
5 661 Alexis COPELLO AZEAZE 17.16 +0.2 SB
6 1377 Chris BENARD USAUSA 17.16 +0.2
7 809 Andy DÍAZ CUBCUB 17.13 +0.2
8 940 Jean-Marc PONTVIANNE FRAFRA 16.79 +0.1

Já na semifinal dos 200m rasos W, as duas brasileiras não avançaram. Dafine Schippers é a favorita ao ouro. Classificadas a final.

ORDER / LANE BIB ATHLETE COUNTRY SB 2017 PB
2 3725 Crystal EMMANUEL CANCAN 22.50 22.50
3 3653 Tynia GAITHER BAHBAH 22.71 22.54
4 3772 Marie-Josée TA LOU CIVCIV 22.16 22.16
5 3654 Shaunae MILLER-UIBO BAHBAH 21.91 21.91
6 4132 Dafne SCHIPPERS NEDNED 22.10 21.63
7 4373 Deajah STEVENS USAUSA 22.09 22.09
8 3880 Dina ASHER-SMITH GBRGBR 22.73 22.07
9 4327 Kimberlyn DUNCAN USAUSA 22.54 22.19

E para fechar o dia mais duas finais.

Os 400m c/ barreiras W foi mais uma prova que o dia foi americano, dobradinha no pódio novamente.

POS BIB ATHLETE COUNTRY MARK REACTION TIME
1 4323 Kori CARTER USAUSA 53.07 0.151
2 4357 Dalilah MUHAMMAD USAUSA 53.50 0.152
3 4047 Ristananna TRACEY JAMJAM 53.74 PB 0.178
4 3799 Zuzana HEJNOVÁ CZECZE 54.20 SB 0.151
5 4239 Léa SPRUNGER SUISUI 54.59 0.183
6 3746 Sage WATSON CANCAN 54.92 0.172
7 4375 Cassandra TATE USAUSA 55.43 0.216
8 3888 Eilidh DOYLE GBRGBR 55.71 0.157

E a última prova do dia surpreendeu a todos. R. Gulyev dava amostras de que brigaria por uma medalha, seu caminho até a final foi imponente, mas daí a bater os favoritos Van Niekerk e Makwala existia um caminho, e acredite ele foi traçado, num sprint avassalador ele passou o sul-africano nos últimos metros e ficou com a dourada, já Makwala travou na reta e ficou para trás.

POS BIB ATHLETE COUNTRY MARK ms* REACTION TIME
1 1346 Ramil GULIYEV TURTUR 20.09 0.165
2 1282 Wayde VAN NIEKERK RSARSA 20.11 .106 0.156
3 1329 Jereem RICHARDS TTOTTO 20.11 .107 0.149
4 969 Nethaneel MITCHELL-BLAKE GBRGBR 20.24 0.147
5 1443 Ameer WEBB USAUSA 20.26 0.148
6 708 Isaac MAKWALA BOTBOT 20.44 0.170
7 1118 Abdul Hakim SANI BROWN JPNJPN 20.63 0.162
8 1449 Isiah YOUNG USAUSA 20.64 0.148

_________________________________________________________________________________________________

 

Mundial de Atletismo Londres/2017 DAY 6

O dia não foi muito bom paras os brasileiros, Geisa Arcanjo foi 9º na final do Arremesso de Peso, Allan Wolski e Wagner Domingos não avançaram no Lançamento de Martelo. A única a obter sucesso foi Eliane Martins que se qualificou para final do Salto em Distância.

Além de 3 finais, também tivemos uma semi-final fora dos padrões.

Semi-Final
O atleta Isaac Makwala (BOT) classificado para disputar a semi foi colocado em quarentena por médicos após as eliminatórias, porém ela foi expirada e a IAAF permitiu que o atleta participasse da prova, mas tinha um detalhe, já havia ocorrido a bateria que ele participaria, sendo assim ele foi para pista sozinho e precisava correr 20.53 para se qualificar a final. Ele entrou na pista e correu 20.20 sozinho e garantiu sua vaga.

Qualificados para FINAL

POS BIB ATHLETE COUNTRY MARK ms* REACTION TIME
1 1346 Ramil GULIYEV TURTUR 20.09 0.165
2 1282 Wayde VAN NIEKERK RSARSA 20.11 .106 0.156
3 1329 Jereem RICHARDS TTOTTO 20.11 .107 0.149
4 969 Nethaneel MITCHELL-BLAKE GBRGBR 20.24 0.147
5 1443 Ameer WEBB USAUSA 20.26 0.148
6 708 Isaac MAKWALA BOTBOT 20.44 0.170
7 1118 Abdul Hakim SANI BROWN JPNJPN 20.63 0.162
8 1449 Isiah YOUNG USAUSA 20.64 0.148

FINAIS

Resultado Arremesso de Peso

POS BIB ATHLETE COUNTRY MARK
1 3758 Lijiao GONG CHNCHN 19.94
2 3987 Anita MÁRTON HUNHUN 19.49
3 4322 Michelle CARTER USAUSA 19.14

Resultado 400m c/barreiras M

POS BIB ATHLETE COUNTRY MARK REACTION TIME
1 1216 Karsten WARHOLM NORNOR 48.35 0.175
2 1345 Yasmani COPELLO TURTUR 48.49 0.211
3 1385 Kerron CLEMENT USAUSA 48.52 0.153
4 1092 Kemar MOWATT JAMJAM 48.99 0.189
5 1405 TJ HOLMES USAUSA 49.00 0.210
6 844 Juander SANTOS DOMDOM 49.04 0.158
7 1268 Abderrahaman SAMBA QATQAT 49.74 0.206
8 1298 Kariem HUSSEIN SUISUI 50.07 0.163

Resultado 400m rasos W

POS BIB ATHLETE COUNTRY MARK REACTION TIME
1 4331 Phyllis FRANCIS USAUSA 49.92 PB 0.196
2 3707 Salwa Eid NASER BRNBRN 50.06 NR 0.203
3 4330 Allyson FELIX USAUSA 50.08 0.184
4 3654 Shaunae MILLER-UIBO BAHBAH 50.49 0.160
5 4030 Shericka JACKSON JAMJAM 50.76 0.194
6 4037 Stephenie Ann MCPHERSON JAMJAM 50.86 0.162
7 4389 Kabange MUPOPO ZAMZAM 51.15 0.184
8 4054 Novlene WILLIAMS-MILLS JAMJAM 51.48 0.272

_________________________________________________________________________________________________

 

Mundial de Atletismo Londres/2017 DAY 5

As brasileiras Rosangela Santos e Vitoria Rosa se classificaram para a semifinal dos 200m rasos.

POS BIB ATHLETE COUNTRY MARK REACTION TIME
1 4327 Kimberlyn DUNCAN USAUSA 22.74 Q 0.173
2 4234 Mujinga KAMBUNDJI SUISUI 22.86 Q 0.151
3 3695 Vitoria Cristina ROSA BRABRA 23.26 Q 0.188

 

POS BIB ATHLETE COUNTRY MARK ms* REACTION TIME
1 3930 Rebekka HAASE GERGER 22.99 Q 0.182
2 3696 Rosangela SANTOS BRABRA 23.34 Q 0.126
3 4264 Semoy HACKETT TTOTTO 23.50 Q 0.163

Na final do Salto com Vara o americano Sam Kendricks ficou com o ouro (5.95), a prata foi para o polonês Piotr Lisek (5.89) e fechando o pódio Renaud Lavillenie (FRA).

A brasileira Geisa Arcanjo se qualificou para a final do Arremesso de Peso. E fechando o dia houve mais 3 finais em Londres:

Nos 3.000m c/ obstáculos o queniano Kiproto levou o ouro.

POS BIB ATHLETE COUNTRY MARK
1 1136 Conseslus KIPRUTO KENKEN 8:14.12
2 1174 Soufiane ELBAKKALI MARMAR 8:14.49
3 1408 Evan JAGER USAUSA 8:15.53

Já nos 800m rasos a zebra entrou em ação, e acredite, o francês Pierre-Ambroise Bossie ficou com o ouro e o brasileiro Thiago André foi o sétimo.

POS BIB ATHLETE COUNTRY MARK
1 919 Pierre-Ambroise BOSSE FRAFRA 1:44.67 SB
2 1244 Adam KSZCZOT POLPOL 1:44.95 SB
3 1126 Kipyegon BETT KENKEN 1:45.21
4 966 Kyle LANGFORD GBRGBR 1:45.25 PB
5 707 Nijel AMOS BOTBOT 1:45.83
6 892 Mohammed AMAN ETHETH 1:46.06
7 713 Thiago ANDRÈ BRABRA 1:46.30
8 760 Brandon MCBRIDE CANCAN 1:47.09

E por fim os 400m rasos, a qual o sul-africano Van Niekerk não deu chances aos seus adversários, o atleta africano vem sendo uma das sensações desse Mundial.

POS BIB ATHLETE COUNTRY MARK REACTION TIME
1 1282 Wayde VAN NIEKERK RSARSA 43.98 0.157
2 667 Steven GARDINER BAHBAH 44.41 0.188
3 1266 Abdalelah HAROUN QATQAT 44.48 SB 0.190
4 712 Baboloki THEBE BOTBOT 44.66 0.182
5 1071 Nathon ALLEN JAMJAM 44.88 0.158
6 1084 Demish GAYE JAMJAM 45.04 0.179
7 1413 Fred KERLEY USAUSA 45.23 0.142
708 Isaac MAKWALA BOTBOT DNS

_________________________________________________________________________________________________

 

Mundial de Atletismo Londres/2017 DAY 4

Além de eliminatórias e semi-finais, tivemos 4 finais. Os brasileiros não avançaram e não contamos com eles nas finais nesse quarto dia.

FINAIS

No lançamento de Martelo W não tivemos surpresas, a favorita Anita Wlodarczyk (POL) levou com 77.90m na penúltima tentativa, a prata foi para Zheng Wang (CHI) com 75.98m e o bronze ficou com Malwina Kopron 74.96m também da polônia.

Já no Salto Triplo Feminino ficou assim:

POS BIB ATHLETE COUNTRY MARK
1 4387 Yulimar ROJAS VENVEN 14.91
2 3778 Caterine IBARGÜEN COLCOL 14.89
3 4070 Olga RYPAKOVA KAZKAZ 14.77

Ainda com elas, nos 1500m rasos a disputa foi apertada mas a queniana Faith Kipyegon se sagrou campeã.

POS BIB ATHLETE COUNTRY MARK
1 4082 Faith Chepngetich KIPYEGON KENKEN 4:02.59
2 4370 Jennifer SIMPSON USAUSA 4:02.76
3 4209 Caster SEMENYA RSARSA 4:02.90

E na única final para homens occoreu os 100m c/ bareiras que ficou assim:

POS BIB ATHLETE COUNTRY MARK ms* REACTION TIME
1 1091 Omar MCLEOD JAMJAM 13.04 0.123
2 617 Sergey SHUBENKOV ANAANA 13.14 0.132
3 1035 Balázs BAJI HUNHUN 13.28 0.122

_________________________________________________________________________________________________

 

Mundial de Atletismo Londres/2017 DAY 3

Maratona F
No feminino tivemos surpresas, Rose Chelimo (BRN) nascida no Quênia venceu após travar um duelo com a queniana Edna Kiplagat (KEN) nos kms finais e Amy Cragg (USA) fechou o pódio, atacando Flomena Daniel (KEN) nos metros finais.

Classificação Final (20 Primeiras)

POS BIB ATHLETE COUNTRY MARK
1 113 Rose CHELIMO BRNBRN 2:27:11 SB
2 192 Edna Ngeringwony KIPLAGAT KENKEN 2:27:18 SB
3 254 Amy CRAGG USAUSA 2:27:18 SB
4 191 Flomena Cheyech DANIEL KENKEN 2:27:21
5 150 Shure DEMISE ETHETH 2:27:58
6 115 Eunice Jepkirui KIRWA BRNBRN 2:28:17
7 193 Helah Jelagat KIPROP KENKEN 2:28:19
8 151 Mare DIBABA ETHETH 2:28:49 SB
9 108 Jessica TRENGOVE AUSAUS 2:28:59
10 152 Berhane DIBABA ETHETH 2:29:01
11 252 Serena BURLA USAUSA 2:29:32
12 154 Aselefech MERGIA ETHETH 2:29:43
13 162 Charlotte PURDUE GBRGBR 2:29:48
14 135 Eva VRABCOVÁ NÝVLTOVÁ CZECZE 2:29:56 PB
15 227 Hye-Gyong KIM PRKPRK 2:30:29 SB
16 184 Mao KIYOTA JPNJPN 2:30:36
17 183 Yuka ANDO JPNJPN 2:31:31
18 161 Alyson DIXON GBRGBR 2:31:36
19 214 Helalia JOHANNES NAMNAM 2:32:01
20 104 Sinead DIVER AUSAUS 2:33:26

Classificação Geral

Maratona M
Como já era de se esperar vitória e domínio africano nos 42k. Geoffrey Kirui do quênia saiu vitorioso, Tamirat Tola (ETH) foi vice e Alphonce Simbu (TAN) completou o pódio. O britânico Callum Hawkins foi 4º para delírio da torcida londrina.

Classificação Final (20 Primeiros)

POS BIB ATHLETE COUNTRY MARK
1 472 Geoffrey Kipkorir KIRUI KENKEN 2:08:27 SB
2 412 Tamirat TOLA ETHETH 2:09:49
3 540 Alphonce Felix SIMBU TANTAN 2:09:51
4 422 Callum HAWKINS GBRGBR 2:10:17 PB
5 457 Daniele MEUCCI ITAITA 2:10:56 PB
6 471 Gideon Kipkemoi KIPKETER KENKEN 2:10:56
7 395 Yohanes GHEBREGERGIS ERIERI 2:12:07
8 474 Daniel Kinyua WANJIRU KENKEN 2:12:16
9 463 Yuki KAWAUCHI JPNJPN 2:12:19
10 467 Kentaro NAKAMOTO JPNJPN 2:12:41
11 551 Munyo Solomon MUTAI UGAUGA 2:13:29
12 539 Ezekiel JAFARY TANTAN 2:14:05
13 388 Abdi Hakin ULAD DENDEN 2:14:22 SB
14 546 Kaan Kigen OZBILEN TURTUR 2:14:29 SB
15 367 Shumi DECHASA BRNBRN 2:15:08 SB
16 566 Elkanah KIBET USAUSA 2:15:14
17 403 Javier GUERRA ESPESP 2:15:22
18 557 Ihor OLEFIRENKO UKRUKR 2:15:34 SB
19 411 Tsegaye MEKONNEN ETHETH 2:15:36
20 563 Ernesto Andrés ZAMORA URUURU 2:16:00 PB

Classificação Geral

_________________________________________________________________________________________________

 

Mundial de Atletismo Londres/2017 DAY 2 (Sessão Diurna)

Manhã com altos e baixos para o Brasil em Londres/ING. Além das brasileiras Vanessa Chefer e Tamara de Sousa no Heptathlon tivemos mais 5 brasileiros em ação.

No peso, Darlan Romani que poderia alcançar a final acabou ficando pelo caminho após lançar 20.21m e ficar longe do seu melhor em 2017. A marca lhe rendeu o 15º lugar, o que não foi suficiente para avançar.

Darlan Romani

 

 

 

 

 

 

 

Lucas Carvalho foi para pista nos 400m rasos. Após correr 45.86 e ficar em 6º na sua série ele não avançou as semis. Os favoritos Van Niekerk RSA e LaShawn Merrit USA passaram sem sustos.

Salto Triplo
Tânia da Silva competiu nessa manhã, seu melhor salto foi 13.74m, insuficiente para avançar a final.

100m rasos W
Começou os 100m rasos W. E tivemos um resultado expressivo com Rosângela Santos, que além de vencer sua série, igualou sua melhor marca e ficou com o 4º melhor tempo das eliminatórias 11.04. Na mesma série estavam a jamaicana Simone Facey e Michelle Ahye TTO que ficaram pra trás, porém avançaram as semis.

Rosângela comemora o resultado.

 

 

 

 

 

 

 

E por fim a última prova da sessão diurna, 800m rasos M. Thiago André correu solto, apenas para se classificar e fechou sua série em 3º lugar. Acredito que ele é nossa maior esperança de uma medalha nesse mundial, compete nos 1500m também.

Série 4

POS BIB ATHLETE COUNTRY MARK
1 1138 Emmanuel Kipkurui KORIR KENKEN 1:47.08 Q
2 1250 Michal ROZMYS POLPOL 1:47.09 Q
3 713 Thiago ANDRÈ BRABRA 1:47.22 Q
4 1015 Alex AMANKWAH GHAGHA 1:47.56
5 1006 Marc REUTHER GERGER 1:47.78
6 923 Samir DAHMANI FRAFRA 1:48.62
7 637 Peter BOL AUSAUS 1:49.65
8 632 Ahmed Bashir FARAH ARTART 1:50.04 PB

A noite voltamos com a sessão noturna, destaque para a final dos 100m com U. Bolt e a final dos 10.000m rasos W, além de trazer um post com o que acontece e as perspectivas para o Dia 3 no BLOG “Corrida e Desempenho“.

_________________________________________________________________________________________________

 

Mundial de Atletismo Londres/2017 DAY 1

Nesse primeiro dia do mundial os olhos estavam voltados para o britânico  M. Farah e o jamaicano U. Bolt.
Nos 10.000m rasos o britânico entrou em ação e fez a festa com a torcida mais uma vez. Como de costume ele ficou no meio do pelotão no início da prova e no final foi para o ataque. Como já era previsto, os quenianos estavam na cola, com destaque para P. Tanui KEN, mas não foram capazes de segurar a arrancada de Mo que venceu novamente.

Resultados

POS BIB ATHLETE COUNTRY MARK
1 954 Mohamed FARAH GBRGBR 26:49.51 WL
2 1356 Joshua Kiprui CHEPTEGEI UGAUGA 26:49.94 PB
3 1148 Paul Kipngetich TANUI KENKEN 26:50.60 SB
4 1142 Bedan Karoki MUCHIRI KENKEN 26:52.12 PB
5 908 Jemal YIMER ETHETH 26:56.11 PB
6 1130 Geoffrey Kipsang KAMWOROR KENKEN 26:57.77 SB
7 898 Abadi HADIS ETHETH 26:59.19 SB
8 749 Mohammed AHMED CANCAN 27:02.35 NR
9 1416 Shadrack KIPCHIRCHIR USAUSA 27:07.55 PB
10 894 Andamlak BELIHU ETHETH 27:08.94 PB
11 852 Aron KIFLE ERIERI 27:09.92 PB
12 735 Abraham Naibei CHEROBEN BRNBRN 27:11.08 NR
13 1417 Leonard Essau KORIR USAUSA 27:20.18 PB
14 1363 Timothy TOROITICH UGAUGA 27:21.09 PB
15 1425 Hassan MEAD USAUSA 27:32.49 PB
16 1222 Zane ROBERTSON NZLNZL 27:48.59 SB
17 853 Hiskel TEWELDE ERIERI 27:49.62 SB
18 1359 Moses Martin KURONG UGAUGA 27:50.71
19 685 Onesphore NZIKWINKUNDA BDIBDI 28:09.98 PB
20 1277 Stephen MOKOKA RSARSA 28:14.67 SB
21 845 Bayron PIEDRA ECUECU 28:50.72 SB
22 655 Patrick TIERNAN AUSAUS 29:23.72
849 Nguse AMLOSOM ERIERI DNF
1341 Polat Kemboi ARIKAN TURTUR DNF

Já nos 100m rasos ocorreram as eliminatórias. O “Raio” que se despede das pistas após Londres passou sem sustos as semis com 10.07 vencendo sua série. O grande destaque da noite foi o jamaicano Julian Forte, único a superar a barreira dos 10′ com 9.99. Os americanos Chris Coleman, Chris Belcher e Justin Gatlin também passaram e fechando a lista dos favoritos que foram a semi, Yohan Blake JAM e Reece Prescod GBR.

Tivemos brasileiro em campo no Salto em Distância, Paulo Sergio Oliveira saltou 7,53 e não conseguiu se classificar para a final. O atleta que é campeão brasileiro e sul – americano lamentou não ter saltado melhor.

Amanhã voltamos com as notícias do dia 2 e se você quiser saber o que rola de mais importante no segundo dia acesse o blog “Corrida e Desempenho” > CLIQUE AQUI

_________________________________________________________________________________________________

 

RUN CITIES SP Resultados

A 2º edição da City Marathon São Paulo teve recordes estraçalhados. Além da Maratona, a prova contava com os 21k.

Maratona M
No Masculino o tempo foi baixado em mais de 7 minutos em relação a edição anterior, Laurindo Neto completou a prova em 02:20:09 e trouxe junto mais 4 atletas que correram em menos de 02:25.

Rank
Name
Bib
Time
Pace
Hometown
Division
Div Rank
1 LAURINDO NETO 15 02:20:09 03:20 Brazil Elite Masc 1
2 ANTONIO LIMA 28 02:21:14 03:21 Brazil Elite Masc 2
3 VAGNER NORONHA 1 02:22:37 03:23 Brazil Elite Masc 3
4 KIPROP MUTAI 23 02:23:57 03:25 Brazil Elite Masc 4
5 MERCIO FERREIRA 24 02:24:19 03:26 Brazil Elite Masc 5
6 SILVANO PINTO 30 02:25:21 03:27 Brazil Elite Masc 6
7 ANDERSON KIPRONO 25 02:25:44 03:28 Brazil Elite Masc 7
8 CESAR MARTINS 222 02:28:38 03:32 Brazil M40-49 1
9 MARCIO SILVA 5 02:30:25 03:34 Brazil Elite Masc 8
10 FABIO PAIVA 14 02:30:54 03:35 Brazil Elite Masc 9

Maratona F
Já no feminino, a Queniana Tecla Chebet bateu o recorde anterior de 02:49:45, completou a distância em 02:45:50.

Rank
Name
Bib
Time
Pace
Hometown
Division
Div Rank
1 Tecla Chebet 83 02:45:50 03:56 Kenya, Kenya Elite Fem 1
2 GISELE JESUS 61 02:57:34 04:13 Brazil Elite Fem 2
3 NOEME PEREIRA 87 02:57:34 04:13 Brazil Elite Fem 3
4 CONCEICAO OLIVEIRA 59 03:06:24 04:26 Brazil Elite Fem 4
5 REGINA SEGUINS 63 03:13:20 04:35 Brazil Elite Fem 5
6 MARIA SILVA 54 03:15:37 04:39 Brazil Elite Fem 6
7 VIVIAN OLIVEIRA 51 03:18:34 04:43 Brazil Elite Fem 7
8 FLAVIANA CHUNG 106 03:21:44 04:47 Brazil F30-39 1
9 ANDREIA SILVA 4318 03:21:56 04:48 Brazil F30-39 2
10 MARCIA JESUS 180 03:23:05 04:49 Brazil F30-39 3

Meia-Maratona

Gladson Barboza e Valdilene Silva foram campeões, ambos do Clube Pinheiros. Valdilene venceu assim como no ano passado e melhorou sua marca em 31 segundos e Gladson apesar da vitória, ficou distante do único tempo que não foi batido nessa edição, ele não conseguiu superar o tempo de Marilson Gomes em 2016, 01:04:42, mas superou os demais adversários dessa edição com 01:06:11.

Feminino

Rank
Name
Bib
Time
Pace
Hometown
Division
Div Rank
1 VALDILENE SILVA 6069 01:17:10 03:40 Brazil Elite Fem 1
2 ANDREIA HESSEL 6068 01:18:38 03:44 Brazil Elite Fem 2
3 FABIANA SILVA 6060 01:19:42 03:47 Brazil Elite Fem 3
4 MICHELE LIMA 6053 01:22:35 03:55 Brazil Elite Fem 4
5 JACIANE ARAUJO 6064 01:24:13 04:00 Brazil Elite Fem 5
6 CLAUDIA DUMONT 6163 01:25:07 04:03 Brazil F40-49 1
7 RAISA NASCIMENTO 96 01:25:21 04:03 Brazil Elite Fem 6
8 KAMILLA PONTES 6202 01:25:57 04:05 Brazil F30-39 1
9 MARJORIE BARCELOS 6251 01:25:58 04:05 Brazil F20-29 1
10 ALINE BARBOSA DOS SANTOS SILVA 6092 01:26:46 04:07 SAO PAULO, Brazil Elite Fem 7

Masculino

Rank
Name
Bib
Time
Pace
Hometown
Division
Div Rank
1 GLADSON BARBOZA 6014 01:06:11 03:09 Brazil Elite Masc 1
2 SAMUEL NASCIMENTO 6001 01:06:31 03:10 Brazil Elite Masc 2
3 RAFAEL NOVAIS 6013 01:06:52 03:11 Brazil Elite Masc 3
4 RONICESSE LIMA 6010 01:07:31 03:12 Brazil Elite Masc 4
5 DAVID KIPROTICH BOWEM 6040 01:08:17 03:15 SAO PAULO, Brazil Elite Masc 5
6 DAVID MACEDO 6021 01:08:50 03:16 Brazil Elite Masc 6
7 ADRIANO CRUZ 6003 01:09:22 03:18 Brazil Elite Masc 7
8 PAULO SULLE 6035 01:11:23 03:24 Brazil Elite Masc 8
9 MARCELO ROCHA 6181 01:11:34 03:24 Brazil M40-49 1
10 JOAO RIBEIRO 6006 01:12:30 03:27 Brazil Elite Masc 9

Resultado Geral

Parabéns a todos atletas participantes da SP City Marathon 2017!

_________________________________________________________________________________________________

SP CITY MARATHON/Iguana Sports

Nesse fim de semana ocorre uma das principais Maratonas do Brasil, a City Marathon organizada pela Iguana Sports que
chega a sua 2º edição.

A prova conta com 21k e 42k e tem por volta de 13.000 inscritos nas duas distâncias. O ponto alto da prova são: Altimetria da prova, saiu a Brigadeiro e entrou 23 de Maio, diminuindo o ganho de elevação e a largada, que assim como no ano passado ocorre às 06h00 para a Elite Masculina e Pelotão A e B.

Informações importantes:

LARGADA E CHEGADA

LARGADA 
30.07 – domingo
Praça Charles Miller – Pacaembu

A largada da prova ocorrerá em ondas
5h45 Categoria ACD
5h50 Elite Feminina
6h00 ONDA 1 = Elite Masculina, GERAL (Pelotões A e B)
6h10 ONDA 2 = GERAL (Pelotões C e D)
6h20 ONDA 3 = GERAL (Pelotões E e F)

Clique aqui e confira o mapa da largada.

CHEGADA

Jockey Club de São Paulo – Av. Lineu de Paula Machado, 1263

Boa prova a todos!!!

Hastags Oficiais: #CorraSP #RunCities

__________________________________________________________________________________________________

NEW BALANCE 15K SERIES SP

No último domingo ocorreu em São Paulo, mais uma Etapa da New Balance Series.

A capital paulista foi o cenário perfeito para uma prova rápida, além do percurso totalmente plano e o horário da largada às 06h30, a corrida teve  baixa temperatura, o que colaborou para bons resultados de atletas amadores e da elite.

A prova contou com mais de 3.000 atletas e foi organizada pela Epic Sports. A arena para receber os participantes foi montada no estacionamento do Shopping Eldorado e a largada ocorreu na Margina Pinheiros, assim como os percursos de 7.5k e 15k que se estenderam pela via.

Além de uma boa organização, um dos pontos alto da prova foi a competitividade. Não era de se esperar menos, já que os organizadores trouxe uma premiação diferenciada, onde os 20 melhores foram premiados com medalhas diferenciadas e subiram no pódio, e os 5 mais bem colocados além de prêmios dos patrocinadores, receberam vale-compras da New Balance.

Diferente de muitos provas que ultimamente vem apresentado um nível fraco, na NB 15K o bicho pegou. Os atletas de elite travaram duelos na ponta em ambas distâncias, tanto no feminino quanto no masculino, basta olhar os resultados abaixo:

MASCULINO 15K

1 2884 RONICESSE FELIX DE LIMA M 30 ELITM15 1 00:46:45 00:46:46 00:03:07
2 2924 ANDRE SANTANA M 37 ELITM15 2 00:46:48 00:46:48 00:03:07
3 2681 VAGNER DA SILVA NORONHA M 33 ELITM15 3 00:47:01 00:47:03 00:03:08
4 3154 RENILSON VITORINO DA SILVA M 32 ELITM15 4 00:47:21 00:47:22 00:03:09
5 3113 IVANILDO DIAS DE SOUZA M 38 ELITM15 5 00:47:50 00:47:52 00:03:11

FEMININO 15K

1 3322 SIMONE ALVES F 33 ELITF15 1 00:52:24 00:52:24 00:03:30
2 2498 REJANE ESTER BISPO DA SILVA F 33 ELITF15 2 00:54:26 00:54:28 00:03:38
3 1679 CONCEICAO DE MARIA CARVALHO OLIVEIRA F 42 ELITF15 3 00:57:04 00:57:06 00:03:48
4 3321 JOICE PEREIRA DOS SANTOS F 29 ELITF15 4 00:57:57 00:57:58 00:03:52
5 1682 CRISTIANE AGOSTINHO F 37 ELITF15 5 01:00:04 01:00:07 00:04:00

MASCULINO 7.5k

1 7623 LEANDRO PRATES OLIVEIRA M 35 ELITM7 1 00:22:58 00:23:01 00:03:04
2 7692 RAFAEL SOARES SANTERAMO M 24 ELITM7 2 00:22:59 00:23:00 00:03:04
3 7732 FLAVIO DE SOUZA TONOLI M 30 ELITM7 3 00:24:25 00:24:27 00:03:15
4 7531 RONALD JEFFERSON DE ARRUDA LOPES M 23 ELITM7 4 00:24:40 00:24:41 00:03:17
5 7706 MARCOS FRANCISCO DA SILVA M 38 ELITM7 5 00:24:50 00:24:54 00:03:19

FEMININO 7.5K

1 7249 ANTONIA KEYLA DA SILVA BARROS F 23 ELITF7 1 00:27:40 00:27:40 00:03:41
2 7050 NILVA PEREIRA DA SILVA NUNES F 24 ELITF7 2 00:28:00 00:28:01 00:03:44
3 7228 ANA PREDA F 32 ELITF7 3 00:28:01 00:28:12 00:03:44
4 7739 ADRIELE DE JESUS SILVA F 22 ELITF7 4 00:29:40 00:29:42 00:03:57
5 7632 VIVIAN DE OLIVEIRA F 36 ELITF7 5 00:30:29 00:30:31 00:04:04

Oremos por mais provas assim!

Parabéns aos organizadores e patrocinadores!!!

RESULTADO GERAL

________________________________________________________________________________________________

RESULTADOS
MARATONA CAIXA DA CIDADE DO RIO DE JANEIRO

Maratona
http://www.chiptiming.com.br/resultados/detalhes/2344452368
http://www.chiptiming.com.br/resultados/detalhes/2344452369

Meia-Maratona
http://www.chiptiming.com.br/resultados/detalhes/2344452386
http://www.chiptiming.com.br/resultados/detalhes/2344452387

Family Run
http://www.chiptiming.com.br/resultados/detalhes/2344452371
http://www.chiptiming.com.br/resultados/detalhes/2344452385

________________________________________________________________________________________________

MARATONA CAIXA DA CIDADE DO RIO DE JANEIRO

No próximo dia 18/06 ocorre a maratona do Rio de Janeiro 2017, a prova que é categorizada como Permit ouro na Maratona e prata na meia pela Cbat (Confederação Brasileira de Atletismo) chega com números surpreendentes para essa edição.

A prova tem nada mais nada menos do que 33 mil pessoas inscritas de 47 países e conta com participantes de todos estados brasileiros e Distrito Federal.

Números da Maratona do Rio 2017

  • A prova conta com três distâncias: 42 km, 21 km e 6 km;
  • A maratona tem 11.500 pessoas inscritas, os 21k 13.500 e os 6 km 8.000 participantes;
  • China, Cingapura, Rússia, Itália, Alemanha, Japão, EUA e Croácia são alguns dos países que têm representantes na corrida;
  • Os cariocas somam 33% dos participantes, enquanto São Paulo terá 23%;
  • As mulheres são maioria nos 21k (55%), e na distância mais curta de 6k (67%). Elas correspondem a 47% dos inscritos e na Maratona, representam 29% dos inscritos;
  • A Maratona do RJ gera mais de 200 milhões de reais na economia da Cidade Maravilhosa.

Mercado de running
A feira Rio Run acontece nos três dias que antecedem a prova, 15, 16 e 17 de junho. A organização espera mais de 40 mil pessoas no Centro de Convenções SulAmérica. A Expo conta com 25 expositores com novidades do mercado running, e o público pode  assistir diversas palestras com entrada gratuita.

Informações sobre a prova no site: www.maratonadorio.com.br.

_________________________________________________________________________________________________

TROFÉU BRASIL DE ATLETISMO

No último fim de semana ocorreu à competição mais importante do atletismo brasileiro, o XXXVI Troféu Brasil de Atletismo em São Bernardo do Campo – SP.

O fim de semana era uma grande oportunidade para buscar índices para o Mundial de Atletismo em Londres-INGLATERRA que ocorre em Agosto.

No masculino os grandes destaques foram Thiago Rosário e Altobeli Silva. Thiago venceu os 1500m com 03’45’’ fazendo uma prova bem solta e nos 800m alcançou sua melhor marca com 01’44’, índice para o mundial. Já Altobeli Silva alcançou nos 3.000m com obstáculos sua melhor marca e o índice para Londres com 08’26’’ e de quebra bateu o recorde do campeonato que durava 25 anos, os 8’27’’ de Clodoaldo Lopes que é seu treinador e no último dia ele correu sozinho os 5.000m colocando mais de 35’’ no 2º colocado, o atleta fechou a prova com 13’46’’.

Do lado feminino o destaque nas provas de fundo ficou por conta de Tatiele Carvalho que se sagrou tricampeã dos 10.000m com 33’48’’ e foi vice nos 5.000m com 16’32’’ colada com  a 1º e 3º colocadas.

Outros destaques

O garoto Daniel Ferreira de 18 anos venceu os 10.000m com 29’13’’ no masculino deixando para trás atletas consagrados como, Giovani dos Santos, Solonei Rocha e Franck Caldeira.

Atletas que obtiveram índice para o Mundial de Londres:

Rosangela Santos – 100 m e 200 m
Vitória Rosa – 100 m e 200 m
Aldemir Gomes – 200 m
Geisa Coutinho – 400 m
Eder Souza – 110 m com barreiras
Thiago André – 800 m
Nubia Soares – Salto triplo
Tania Silva – Salto Triplo
Caio Bonfim – 20 km marcha
Darlan Romani – Arremesso do peso
Altobeli Silva – 3.000 m com obstáculos
Laila Ferrer – Lançamento do dado
Márcio Teles – 400 m com barreiras
Hederson Estefani – 400 m com barreiras
Geisa Arcanjo – Arremesso do peso

_________________________________________________________________________________________________

IRONMAN FLORIANÓPOLIS /BRASIL 

Depois da Olimpíada, o Brasil voltou a ser notícia mundial ontem. Graças ao britânico Tim Don que estabeleceu novo recorde mundial para os 3.8k de natação + 180k de bike + 42.195k de corrida, ele fechou com 07h40’23”, baixando em mais de 4′ o recorde antigo de 07h44’29’.

Don fechou a natação para 44’16”, a bike para impressionantes 04h06’56” e a maratona com 02h44’46”. Sem dúvidas o pedal do cara foi fator determinante para a nova marca mundial.

No feminino, a também britânica Susie Cheetham mandou 08h52′ cravados, estabelecendo o melhor tempo das 17ª edições em solo brasileiro.

Os melhores:

MASCULINO

1 – Don, TimGBR

2 – Buckingham, KyleZAF

3 – Amorelli, IgorBRA

4 – Colucci, ReinaldoBRA

5 – Vinhal, ThiagoBRA

TIM DON Foto @brasilironman

FEMININO

1 – Cheetham, SusieGBR

2 – Tajsich, SonjaDEU

3 – Chura, HaleyUSA

4 – Frades, GurutzeESP

5 – Corbin, LinseyUSA

Mais em:
http://www.ironman.com

________________________________________________________________________________________________

SEVEN RUN 2017

No último sábado ocorreu a 1ª Edição da Seve Run, prova noturna com realização e organização Iguana Sports.
O palco da festa foi a USP, Cidade Universitária localizada no Butantã e contou com as distâncias de 7k, 14k e 21k.

A corrida num todo foi muito bem organizada, além de proporcionar interatividade para os corredores, com área de alimentação, Djs e Show ao vivo.

E os resultados da prova já estão disponíveis:
SEVEN RUN 2017 (Só link)

Segue algumas foto por Sua Corrida e Iguana Sports.

________________________________________________________________________________________________

TREINÃO MENSAL CORRA K.O. RUVO RUNINNG CREW SUZANO/SP

Domingo têm aquele treinão que você respeita!!!
Tá afim de participar? Não sabe como funciona?
Lá vai:
– O treino é direcionado a todos;
– Quem corre muito ou pouco;
– O lugar é lindo – estradão, mato, ar puro;
– O Percurso é um bate volta;
– Você pode fazer de 10k a 18k, desde que não ultrapasse 01h40 de treino, para não perder o café;
– Contamos com apoio de carro para hidratação;
– Temos os fotógrafos para eternizar cada momento do treinão;
– No final rola um super banquete, com muitas delícias da mamãe;
– Para cobrir as despesas com a hidratação, carro de apoio, e o super café, pedimos a colaboração de R$ 15,00 a ser entregue no dia do treino.

Espero por muitos no dia 28/05.

________________________________________________________________________________________________

ULTRAMARATONA BERTIOGA – MARESIAS 75K

Resultados

Solo Masculino
Solo Feminino

TRIO

SEXTETO

OCTETO

Campeão Geral Masculino – Volt Runners Team     04h41’56”

Campeã Geral Feminino –     Forrest Girls                 05h53’17”

________________________________________________________________________________________________

TRIBUNA SANTOS 10K

Nesse fim de semana aconteceu os 10km da Tribuna de Santos, prova mais importante nessa distância da América Latina. Como a prova ocorre no nível do mar e em clima ameno, sempre é muito rápida, o local preferido de todos os brasileiros para buscarem suas melhores marcas.

No feminino a vitória ficou com Tatiele Carvalho e no Masculino Paul KipKorir. Abaixo os 20 melhores:

MASCULINO

1 1 Paul Kipkorir Kipkemoi 00:28:27
2 74 Altobeli Silva 00:28:59
3 70 Ederson Vilela Pereira 00:28:59
4 14 Gilmar Silvestre Lopes 00:29:16
5 3 Giovani dos Santos 00:29:21
6 28 Wellington Bezerra da Silva 00:29:22
7 6 Franck Caldeira de Almeida 00:29:31
8 5 Solonei Rocha da Silva 00:29:47
9 7 Samuel Souza do Nascimento 00:29:52
10 40 Robson Pereira de Lima 00:29:54
11 2 Paulo Paskali Mogit Sulle 00:30:07
12 41 Sivaldo Santos Viana 00:30:09
13 13 Johnatas de Oliveira Cruz 00:30:10
14 54 Antônio Wilson Souza Lima 00:30:19
15 55 Jormen Freire Nascimento 00:30:21
16 64 Marcos Vinícius Coelho Ferreira 00:30:23
17 11 Adriano Pacheco da Cruz 00:30:24
18 72 Leandro Prates Oliveira 00:30:27
19 12 Eberth da Silva Silvério 00:30:28
20 63 Rafael Soares Santeramo 00:30:28

FEMININO

1 78 Tatiele Roberta de Carvalho 00:33:27
2 81 Marcela Cristina Gómez Cordeiro 00:33:54
3 76 Leah Jerotich 00:34:04
4 77 Joziane da Silva Cardoso 00:34:22
5 113 Simone Alves da Silva 00:34:40
6 84 Maria    Aparecida    Ferraz 00:34:42
7 80 Valdilene dos Santos Silva 00:34:48
8 88 Jenifer do Nascimento Silva 00:34:57
9 79 Tatiana de Souza Araujo 00:35:07
10 87 Andreia Aparecida Hessel 00:35:19
11 86 Franciane dos Santos Moura 00:35:19
12 110 Erika Oliveira Lima Dolberth Machado 00:35:27
13 89 Adriana Aparecida da Silva 00:35:43
14 82 Gabriela Leticia Rocha 00:36:09
15 105 Giovanna Costa Martins 00:36:32
16 91 Maria Regina Santis Seguins 00:36:44
17 97 Drielly Aparecida Nunes de Souza 00:37:05
18 101 Viviane Amorin Figueiredo. 00:37:12
19 107 Nilva Pereira da Silva Nunes 00:37:15
20 102 Grazielle Francelino Pedroso 00:37:21

________________________________________________________________________________________________

TREINO CORRA K.O. RUIVO
DESAFIO 2K

É de lei, toda terça tamo no IBIRA.
O treino é aberto a todos e o melhor de tudo é FREE.
Sem desculpinhas, é só chegar junto com a galera mais “On Fire” de São Paulo.
A cada terça um novo DESAFIO, um incentivando o outro a ir mais longe e o resultado se define em uma palavra, SUPERAÇÃO!
________________________________________________________________________________________________

DESAFIO CORRA K.O. RUIVO

A partir de amanhã começa o nosso desafio!

Serão 10 Desafios nas próximas semanas, ele se inicia na sexta e termina na terça, dia do nosso treino no Ibira.
Como vai funcionar? A cada desafio você computa pontos em um ranking.

Têm 2 formas de participar:

✔Você pode participar junto com a galera do Corra K.O. Ruivo as terças-feiras  no Ibira às 20h15 na Praça do Porquinho;
✔ Ou virtualmente através do @stravarun @tomtomsports ou @garminbrasil. ⠀
⠀Existem 2 regrinhas – marque o @corrakoruivo no post do treino e use as tags oficiais do desafio #CorraKoRuivo #DesafioCKR#DesafioCKR no Instagram apenas 👊

No final de todos os desafios haverá uma surpresa para os melhores no masculino e feminino.
Chega junto com noix “On fire 🔥🔥🔥”

Tabela de Pontos

___________________________________________________________________________________________

DESAFIO 28 PRAIAS 2017

No dia 06/05 o Roger Ruivo estará competindo no desafio 28 praias (Prova de Revezamento em Ubatuba) a convite da Adidas Brasil e Volt Runers Team.

___________________________________________________________________________________________

NAT GEO RUN

No dia 23/04/2017 o Corra K.O. Ruivo estará fazendo a cobertura da corrida no Jardim Botânico que acontece simultaneamente em vários países da America Latina em prol da preservação do meio ambiente e sustentabilidade!!!

___________________________________________________________________________________________

TRINÃO CORRA K.O. RUIVO + AÇÃO SOCIAL LEAG

O treinão do dia 30/04 será mais que especial, vai rolar uma ação social para beneficiar o Lar de Idosos Anselmo Gomes. Conto com a presença de todos!!!

Mais informações via post do evento e nas redes sociais (Face e Insta)

___________________________________________________________________________________________

RETORNO DOS TREINOS CORRA K.O. RUIVO  AO PQ. IBIRAPUERA

“Quem corre sozinho pode até chegar mais rápido, mas quem corre junto, com certeza vai mais longe!”

A corrida não é só uma questão de velocidade, de quem cruza a linha de chegada primeiro, é um esporte que vai muito além disso, envolvendo superação pessoal seja ela física ou mental. Muitas vezes pode parecer um caminho solitário, mas quando se corre junto a distância se torna mais curta e os obstáculos mais fáceis a serem superados.

E é com esse propósito que o CorraKoRuivo está de volta ao Ibirapuera, todas as terças-feiras às 20h15, na praça do porquinho!
Quem aí ta preparado para deixar o sofá pra trás, movimentar o corpo, gastar muita energia, mandar aquela corridinha e ainda socializar com a galera do corre??

Então deixa de moleza e vem correr com a gente, vamo chega dominando!
Ainda não tá convencido?
Pega essa: o treino é free, é só colar! E agora, sem desculpinhas né?

O primeiro corre será um treino de lançamento e infelizmente devido a logística e apoiadores, será apenas para convidados, mas isso não impede que você participe dos próximos!

Esperamos por você independente do nível da sua corrida. Chega junto com noix!

Vídeo, Direçao e Edição
@augusto.sakai
Criação e Desenvolvimento
@corrakoruivo
(@roger_ruivo & @baavalini)

Vídeo via face (Clique aqui)

___________________________________________________________________________________________

LIVE K.O. RUIVO TEAM FILA

Vai rolar Live K.O Ruivo direto do Showroom da @filabr 👊
Aqui no face…
facebook.com/corrakoruivo por volta das 12h00

E pega essa galerinha animal que vai estar com a gente
@lokaquecorre @joseedugarcia @nada_pedala_corre @diniz79 ⠀

Vamos falar muito de corrida e as expectativas para Maratona de Säo Paulo 🏃

Pra cima #TeamFila

___________________________________________________________________________________________

NOVO LOGO CORRA K.O. RUIVO

O Corra K.O. Ruivo tá de cara nova

Ficamos muito feliz com a nova identidade visual

E aí curtiram?

 

___________________________________________________________________________________________

PARCERIA FECHADA OUTRA FÉ x PUMA 

O corre em Sampa ontem foi por conta da Running Crew mais zika de SP @outrafe + @pumarunning que deu um tiro certeiro ao abraçar a galera comandada pelo monstro @poldolongo
Noix tava lá com a galera 👊

#CorraKoRuivo #OutraFe #RunningCrew #Puma

Vídeo via face (Clique aqui)

___________________________________________________________________________________________

PALESTRAS FISINOESPORTE

PALESTRA NA ÁREA! ⠀ “GRANDE Oportunidade”

Para você atleta que tá afim de dar um UP nos treinos e seus conhecimentos. ⠀


Esses são os temas que serão abordados no nosso I Ciclo de Palestra de 2017! ⠀

Dr. Felipe Oliveira – Mestre pela Unifesp e mais de 10 anos de experiência em Fisioterapia Esportiva ⠀

Prof Julio Dotti – Diretor da Limite Team e Treinador de Triathlon ⠀

Moniqui Agnes – Master Coach e idealizadora da O F M Store

Inscrições abertas e gratuitas!  clinicafisionoesporte@gmail.com
 97273-6960

___________________________________________________________________________________________

ROGER RUIVO NA MARATONA DE MIAMI

Miami Marathon 2017

Estréia na Maratona em uma prova Internacional

Tempo – 02h35’52”
Posição – 9° Colocado

Orgulhoso de ter feito tudo que eu poderia fazer hoje. Agora bora pra próxima

Obrigado a @leleka_acao por me aguentar (risos) e ao meu parceiro @hscavazza, esse trio lacrou e eles correram pra c@$!#&%… Gostaria de agradecer a torcida de todos e as mensagens de apoio e incentivo.

___________________________________________________________________________________________

MARATONA DE DUBAI

Tá sabendo que rolou a Maratona de Dubai essa madrugada?
Nãoooooooooooooo

Depois das Majors é considerada a maior Maratona, é uma das mais rápidas do mundo e que mais distribui prêmios em cash!

Quer saber como foi?
Assiste aí

Vídeo via face (Clique aqui)

___________________________________________________________________________________________

MULHERES QUE NOS INSPIRAM

VOCÊ SABIA?

O nome dela? Grete Waitz. Ao lado de Paula Radcliffe eu as considero as 2 melhores maratonistas que o mundo já viu… Não tem homem ou mulher no mundo que se aproximou dos feitos dessa heroína.

A norueguesa começou sua carreira no que antes era considerado meio fundo, e nos 3.000m rasos ela bateu o recorde mundial 2 vezes com 8’46” e 8’45”, nos anos de 1975 e 1976 respectivamente. Em 79 correu para 8’31” sempre em Oslo- Noruega.

Depois ela decidiu fazer uma maratona para encerrar sua carreira em grande estilo na famosa NY. A partir daí esse mundinho não seria mais o mesmo.

G Waitz além de vencer a maratona, bateu o recorde mundial com 02h32.
No ano seguinte novamente bateu o recorde mundial e se tornou a 1° mulher a correr a distância sub 02h30.

Grete venceu mais 7 vezes NY e 2 vezes Londres além de se tornar a 1° campeã mundial da maratona em 1983 na Finlândia.

Em Los Angeles – 84 ela sofreu sua maior derrota ao longo de uma era de domínio nas maratonas. Teve que se contentar com a prata nos jogos, após perder para Joan Benoit (USA). Resultados e Marcas ✔ Foi recordista do mundo nos
3k – 8k – 10k – 15k – 10 milhas e Maratona;
✔ 5 vzs Campeã Mundial de CC;
✔ PB Marathon 02:24:54 1986/Londres ;
✔ Venceu NY 78/79/80/82/83/84/85/86/88;
✔ Venceu Londres 83/86;

Fato curioso
Em 1978 ela teve sua participação negada para NY, os organizadores alegaram que ela não tinha experiência com a distância. Mas o diretor da prova teve uma ideia, convidou Waitz para ser coelho da prova, uma vez que ele julgava ela incapaz de completar os 42k (risos).
Nos treinos a norueguesa não passou dos 19k, se preparou como se fosse correr os 3.000m.
No dia da prova ditou um ritmo absurdo e por volta dos 30K já sofria bastante. Ela só pensava em terminar e continuou descendo a lenha.
Detalhe – Ela não conhecia a marcação em milhas e xingava muito o marido que sempre foi um grande incentivador daquela loucura.
Ela venceu e ao final da prova disse, “Eu nunca mais corro isso de novo”.
Mas ela voltou e venceu todas… Rsrs

Que mulher em!!!

___________________________________________________________________________________________

AGENDA DE TREINO EM SUZANO/2017

Vai ter longão em Suzan City todo mês 👊

Marca aí na agenda e se prepare para os melhores treinões 😃

Muita gente já conhece e quem não conhece está convidado pra chegar junto, são 11 treinos em 2017 🏆

Treinão com apoio de carro + hidratação + fotos + super banquete pós treino 👊

___________________________________________________________________________________________

CORRIDA SOLIDÁRIA DE ANIVERSÁRIO

10997780_1422636051383770_1712946432374797567_o

Olá, seres corredores!

O negócio é o seguinte: – A Leleka e a Corra KO Ruivo irá organizar um aniversário solidário na correria! Sim, um aniversário corrido! =) É oficial! Uma caminhada/corrida no Ibirapuera em conjunto com a Corra KO Ruivo! (https://corrakoruivo.com/)

Sabe o que mais é legal? Não tem inscrição. O que tem então? Doação! A inscrição será a doação de materiais esportivos para a instituição Vida Corrida (www.vidacorrida.org.br). Portanto, separe aí aquelas camisetas, tênis e etc que você não usa mais e faça a sua inscrição.

A ideia dessa corrida/caminhada é o que mesmo?

• Comemorar o aniversário da Leleka, sem sombra de dúvidas. Traga bixigas, se puder!;

• Participar de uma corrida/caminhada sem pagar uma fortuna com a inscrição e sim fazendo uma doação;

• Fazer novas amizades;

• E o mais legal de tudo: apoiar uma organização que apoia o esporte.

Sim gente, pode ser coisa usada. Somente pedimos carinhosamente que sejam usadas, porém em boas condições de uso. Não… não… ninguém vai ficar conferindo o que você doou, mas o pessoal lá na Vida Corrida treina como a gente e por mais que toda doação seja bacana, não dá para treinar com tênis e camiseta furada ou em condições precárias, não é?! =) Portanto, separe as camisetas, mesas, bonés, viseiras, tênis e outras coisas que você usava para praticar esportes e estão lá encostadinhas!

Bom, não estamos cabendo em nós mesmos de tanta alegria. Está aí! Agora, é só chegar! O evento está criado no Facebook como “Corrida Solidária de Aniversário by Leleka & Corra K.O. Ruivo” e lá você pode convidar mais gente, mas a inscrição só pode ser confirmada por aqui mesmo e a doação será recebida na sua chegada.

Esperamos, com todas as forças que temos nos pés, que tudo de bom que estamos sentindo agora reflita neste Primeiro de Maio. Estamos bem felizes! Ficaremos mais felizes ainda se você estiver por lá para comemorar com a gente… e se por ventura, a sua agenda não permitir participar do evento, é uma pena, mas aceitaríamos sua doação de qualquer forma! =)

Corre láááá… é free, mas a quantidade de inscrição é limitada!

Leleka & Corra KO Ruivo
Insta: @leleka_acao & @corrakoruivo
#aniversariosolidario #corrakoruivo

___________________________________________________________________________________________

LONGÃO 1 CORRAKORUIVO 2015

10624710_359645904196818_4027872498515135352_n

Dia 01/02 às 07h30 haverá o longa o mensal ‪#‎corrakoruivo‬. Quem for participar procurar um dos diretores Ana Paula ,Diego Predoli, Luiz Henrique ou Nina Alves para que seu nome seja colocado na lista (Se tiver certeza que vira). Contribuição de 10,00 reais opcional, para quem puder colaborar.

Obs: Não haverá criação de evento via face!

___________________________________________________________________________________________

NO DIA 14 DE JANEIRO VOLTAMOS COM OS TREINOS SEMANAIS!!!

10003527_1430848470562528_6325572258649592415_n

Contamos com a sua presença na volta do maior grupo de corrida FREE de SP!

___________________________________________________________________________________________

CAMPANHA NATAL TUDO POR UM SORRISO!!!

10394034_346753228819419_8113569475898248767_n

Pessoal as doações estão a mil por hora.

Gostaria de agradecer a todos e pedir que continuem doando e vamos fazer o próximo feliz!

___________________________________________________________________________________________

EVENTO NIKE ZOOM!!!

 zoom1

Clique na imagem acima para ver as fotos

Fim de semana rolou a experiência Nike Zoom!!!
Gostaria de parabenizar a Nike Corre e Milk Comunicação Integral o evento estava TOP!!!
Parabéns Ju Cassino, Raso, Aninha Palhares, Aninha Maria, Guidoti e Pri!

Mais informação no BLOG!!!

___________________________________________________________________________________________

Entrega dos kits

Entrega dos kits

Neste domingo teremos a prova da G2 RUN em nossa cidade!

Local – Faculdade Piaget / Avenida Mogi das Cruzes

Horário – À partir das 06h30

Largada:

Kids às 08h15.

Geral às 09h00.

 

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: